Fitbit quer voluntários para teste de detecção da Covid-19

A empresa quer construir um algoritmo que ajude a pulseira inteligente a perceber os primeiros sinais de infecção pelo novo coronavírus

Renato Mota 25/05/2020 16h05
Fitbit
A A A

A fabricante de relógios e acessórios fitness Fitbit está desenvolvendo um algoritmo a ser implementado em suas pulseiras para detecção precoce da Covid-19 e da gripe. Para isto, quer reunir voluntários para coletar dados e avaliar a viabilidade do projeto.


Os dispositivos vestíveis já vêm sendo usados em pesquisas para detectar o início da ação de doenças infecciosas - mesmo antes dos primeiros sintomas. Em parceria com centros de pesquisa, a Fitbit está perguntando aos usuários dos Estados Unidos e do Canadá que tiveram ou atualmente têm um caso confirmado de Covid-19 (ou sintomas semelhantes à gripe) para responder a algumas perguntas, a fim de contribuir com sua pesquisa.

As respostas dos participantes serão combinadas com os dados coletados via Fitbit para ajudar a identificar quaisquer padrões que possam fornecer um alerta de detecção pré-sintomática. A participação é totalmente voluntária e o usuário pode se retirar do programa a qualquer momento.

A detecção precoce da Covid-19 pode ser uma grande ajuda em qualquer estratégia segura e prática de reabertura da economia. Também poderia servir como um meio de expandir o diagnóstico em combinação com os testes, dependendo da precisão encontrada nesses estudos e com quais dispositivos.

Via: Tech Crunch


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



tecnologia vestível wearable Fitbit coronavirus covid19
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você