Google compra Fitbit por R$ 8 bilhões

Empresa quer investir mais em relógios inteligentes

Matheus Luque, editado por Daniel Junqueira 01/11/2019 11h14
Fitbit
A A A

O Google anunciou hoje (01) a compra da Fitbit, fabricante de relógios e acessórios fitness, por U$2 bilhões, aproximadamente R$ 8 bilhões. 


Em postagem no blog oficial do Google, Rick Osterloh, vice-presidente sênior de dispositivos e serviços da empresa, disse que a aquisição é "uma oportunidade de investir ainda mais no Wear OS, além de introduzir no mercado dispositivos portáteis Made by Google". O Wear OS é o sistema operacional do Google voltado para vestíveis como relógios e pulseiras inteligentes.

De acordo com um comunicado emitido pela Fitbit, a empresa levará muito a sério a privacidade dos dados de saúde e condicionamento físico dos usuários, afirmando que "os dados de saúde e bem-estar da Fitbit não serão usados para anúncios do Google".

O hardware dos aparelhos da Fitbit sempre funcionou muito bem, o que vai dar ao Google uma base muito mais forte para desenvolver dispositivos vestíveis integrados ao Android. O foco da Fitbit no rastreamento de condicionamento físico poderá ser integrado aos aplicativos existentes do Google Fit, oferecendo concorrência mais forte, principalmente à integração de condicionamento físico entre o Apple Watch e o iPhone.

No outro lado da moeda, as capacidades de software do Google podem ajudar os smatwatches da Fitibit, como o Versa, a serem um pouco mais inteligentes.

A aquisição da Fitbit não é o único investimento recente do Google em dispositivos vestíveis. Em janeiro, a empresa comprou tecnologia de smartwatch da Fossil, por U$ 40 milhões.

Google Smartwatch Fitbit fitness
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você