França

Em 'guerra', França vai multar quem desobedecer quarentena

Rafael Rigues, editado por Fabiana Rolfini 17/03/2020 09h46
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Durante os próximos 15 dias, cidadãos só poderão sair de casa para atividades essenciais, como comprar comida

A França colocou em vigor algumas das medidas mais severas na Europa para conter o avanço do coronavírus, que já infectou mais de 6 mil pessoas e causou 148 mortes no país. Em um pronunciamento nesta segunda-feira (16), o presidente Emmanuel Macron ordenou que a população fique em casa por 15 dias, declarando que a França está “em guerra” contra o vírus.


A movimentação da população durante este período será severamente restrita a partir do meio-dia desta terça-feira (17) até pelo menos o fim de março. As pessoas deverão sair de casa apenas para atividades essenciais, como comprar comida. Segundo o ministro francês, Christophe Castaner, quem for pego fora de casa sem um motivo válido será multado.

Como parte da "estratégia de guerra", o exército francês está sendo convocado para levar os doentes para os hospitais e irá construir um hospital de campanha com 30 leitos de UTI na região da Alsácia, uma das mais afetadas.

Descaso dos franceses 

O governo francês já tinha ordenado o fechamento de escolas, cafés, restaurantes, lojas e parques de Paris, e recomendado que os cidadãos ficassem em casa e evitassem aglomerações, mas segundo o jornal The New York Times, oficiais ficaram chocados com o “descaso” dos parisienses: as margens do Rio Sena e mercados a céu aberto estavam lotados no último fim de semana, o que levou a um endurecimento das medidas.

Segundo Jérôme Salomon, oficial do Ministério da Saúde na França, a situação no país está “se deteriorando rapidamente”. “Estamos vendo o número de casos dobrar a cada três dias”, disse. “Nesta manhã há centenas de casos sérios nas unidades de terapia intensiva”, completou, afirmando que as autoridades estão preocupadas com uma possível “saturação do sistema hospitalar francês, algo que nós absolutamente queremos evitar”.

Fonte: The New York Times 


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Saúde França coronavirus covid19
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você