Bruno Covas

Prefeitura determina o fechamento do comércio em São Paulo

Renato Mota 18/03/2020 19h03
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Somente farmácias, mercados, feiras livres, postos de gasolina, lojas de conveniência, padarias, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar - mas sob regras estritas

Todo o comércio da cidade de São Paulo deverá ser fechado a partir desta sexta-feira (20), por determinação da prefeitura, como medida de combate à propagação do novo coronavírus. As exceções serão farmácias, mercados, feiras livres, postos de gasolina, lojas de conveniência, padarias, restaurantes e lanchonetes, como anunciou nesta quarta-feira (18) o prefeito Bruno Covas.


A medida vale até o dia 5 de abril, e vale somente para os atendimentos presenciais no varejo. As lojas poderão seguir com o comércio pela internet ou pelo telefone. "As lojas poderão continuar a funcionar para balanços, entregas delivery, inventário, pequenas reformas. Mas atendimento presencial fica proibido a partir de sexta-feira", detalhou o prefeito.

Mesmo assim, os estabelecimentos que se mantiverem abertos terão que obedecer a severas regras de higiene. Em lanchonetes e restaurantes a limpeza deve ser intensificada e mesas devem ter entre si uma distância mínima de um metro. Álcool gel deve ser disponibilizado aos clientes e informações sobre a Covid-19 devem estar visíveis.

Na última segunda-feira (16), a prefeitura já havia decretado estado de emergência pública na cidade a fim de reduzir a circulação de pessoas. Subprefeituras deverão suspender as autorizações dos camelôs para atuarem nas ruas e a Guarda Civil Metropolitana foi autorizada a remover ambulantes que desobedecerem a determinação.

Mais cedo, o governador do Estado, João Doria, determinou o fechamento de todos os shoppings centers da capital e cidades da região metropolitana e das academias de ginástica. O Brasil já registra 350 casos confirmados do novo coronavírus, e São Paulo continua sendo o estado com mais pessoas contaminadas, com 164 casos; seguido do Rio de Janeiro, com 33 pacientes doentes.

Via: G1/Folha de S. Paulo


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Saúde Prefeitura de São Paulo São Paulo coronavirus covid19
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você