São Paulo terá grupo de pesquisa dedicado ao coronavírus

Rede estará sob a coordenação do Centro de Contingência de Coronavírus do Estado, e se dedicará ao compartilhamento de informações e ao desenvolvimento de medicamentos e vacinas

Renato Mota 03/03/2020 18h03
Coronavírus Brasil
A A A

Hospitais, universidades, laboratórios públicos e privados de São Paulo estão formando uma rede de pesquisa para melhorar protocolos de tratamento e prevenção do novo coronavírus. A coalizão será liderada pelo coordenador do Centro de Contingência de Coronavírus do Governo do Estado, o médico David Uip.


De acordo com a jornalista da Folha de S. Paulo, Mônica Bergamo, estão envolvidos na iniciativa os institutos Butantan, Adolfo Lutz, Emílio Ribas e de Medicina Tropical, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e Unicamp, Unesp, USP Ribeirão Preto e Faculdade de Medicina de Rio Preto.

"Quem pesquisa melhora a assistência e a ciência. Estamos procurando nos antecipar ao caminho do vírus", afirmou Uip durante a coletiva de imprensa que anunciou o projeto. A rede será dividida em três grupos: o primeiro estará voltado para pesquisa multicêntrica estadual, nacional e internacional e para pesquisa de novos medicamentos e de vacina; um segundo ficará encarregado da comunicação, enquanto o terceiro estará direcionado a protocolos assistenciais e científicos.

No Brasil, foram confirmados dois casos de Covid-19. O Ministério da Saúde monitora 488 suspeitas de infecção pela doença.

Via: Folha de S. Paulo/Agência Brasil


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Saúde Brasil Governo de São Paulo São Paulo coronavirus
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você