Tribunal dos EUA usará júri transmitido via Zoom

Com julgamentos parados por causa da Covid-19, um tribunal do Texas testará realizar um julgamento com presença de jurados por videoconferência

Renato Mota 19/05/2020 15h05
Julgamento
A A A

Julgamentos com a presença de júri nos Estados Unidos estão suspensos por causa da pandemia da Covid-19. Mas um tribunal do Texas irá tentar se manter ativo deixando os jurados ouvirem o caso através do Zoom.


Uma das primeiras etapas do julgamento, a escolha do júri, foi feita por videoconferência pelos advogados envolvidos em uma disputa relacionada a seguros no Tribunal Distrital de Collin County. Os candidatos se conectaram por smartphone, laptop e tablet, e a seleção foi transmitida no YouTube. Esse será o primeiro julgamento virtual a ser realizado nos Estados Unidos durante a crise causada pelo novo coronavírus.

O julgamento será sumário e tomará apenas um dia: os jurados ouvem uma versão condensada do caso e emitem um veredicto não vinculativo. Autoridades acreditam que o formato abreviado e o veredicto não vinculativo tornam o caso ideal para testar a viabilidade de realizar julgamentos de júri remotamente.

"Você não pode arrastar as pessoas para o tribunal e fazê-las sentar-se juntas por dias seguidos", avalia o presidente da Supera Corte do Texas, Nathan Hecht. Desde março, tribunais em todo o país restringiram as operações e limitaram as audiências pessoais. Em 39 estados e no Distrito de Columbia, sistemas judiciais incentivaram juízes a conduzir audiências remotamente por telefone ou videoconferência.

Porém, os julgamentos com júri foram interrompidos, o que forçou tribunais de muitos estados a elaborarem planos para retomar as operações. As ideias incluem espalhar os jurados dentro do tribunal, para respeitar o distanciamento, e exigir que eles e advogados usem máscaras. Mesmo com essas precauções, centenas de pessoas podem ser solicitadas a comparecer ao júri.

A juíza Emily Miskel, que conduzirá o julgamento, disse que o caso poderia esclarecer se uma "abordagem híbrida" é possível, na qual a seleção do júri é virtual e o restante do julgamento é realizado pessoalmente. Tribunais 100% remotos apresentam alguns desafios, incluindo garantir que os jurados continuem atentos e não realizem pesquisas on-line durante as apresentações.

Via: Reuters


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



justiça zoom coronavirus covid19 videoconferência
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você