Xiaomi doa 100 mil máscaras para entidades de saúde do Brasil

Fabricante já ajudou mais de 30 países durante a pandemia do coronavírus

Nina Gattis, editado por Cesar Schaeffer 15/05/2020 15h50
Xiaomi
A A A

Na última quinta-feira (14), a Xiaomi anunciou, via Twitter, a doação de 100 mil máscaras para entidades de saúde brasileiras a fim de auxiliar no combate à pandemia do coronavírus, que não para de crescer.


Shou Zi Chew, presidente da Xiaomi Internacional, divulgou a doação ao Brasil com uma mensagem de agradecimento aos fãs brasileiros da marca. "Com esse gesto simbólico, queremos demonstrar nossa gratidão, mostrando nosso apoio e solidariedade ao país", disse Chew.

O Brasil não é o primeiro país ajudado pela Xiaomi em meio à crise causada pelos casos de Covid-19: mais de 30 países, incluindo a China e a Itália, dois dos epicentros da doença, já receberam máscaras, termômetros e macacões de proteção da fabricante chinesa.

No momento, o Brasil é, ao lado dos Estados Unidos, um dos principais focos do coronavírus. De acordo com os dados mais atualizados das secretarias estaduais de Saúde, são mais de 204 mil casos confirmados e mais de 14 mil mortes.


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Twitter Brasil China xiaomi estados unidos Itália coronavirus covid19 ministério da saúde pandemia
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você