China deve incluir Apple e outras empresas americanas em lista negra

Medida serve como retaliação a bloqueios contra a Huawei

Guilherme Preta, editado por Fabiana Rolfini 15/05/2020 12h10
EUA x China
A A A

Há algum tempo, o governo dos Estados Unidos está travando uma briga contra a Huawei, fabricante chinesa de smartphones. Agora, a China parece pronta para revidar, colocando empresas americanas em uma “lista de entidades não confiáveis”.


Segundo reportagem do Global Times, o pacote inclui investigações e restrições a empresas como Apple, Qualcomm e Cisco, além da suspensão de compras de aviões da Boeing. O jornal, apesar de não ser um porta-voz do governo, é uma publicação oficial do Partido Comunista da China.

Reprodução

O último estopim dessa crise foi o anúncio do Departamento do Comércio dos EUA da alteração de uma regra de exportação com a intenção de “atingir estrategicamente a aquisição de semicondutores da Huawei, que são o produto direto de certos softwares e tecnologias dos EUA”.

As medidas contra a empresa, porém, são antigas. Desde maio do ano passado, o presidente Donald Trump proibiu companhias de origem americanas fazerem negócios com a chinesa.

Via: Reuters

Apple China Huawei Qualcomm Boeing EUA trump eua x china
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você