Confira 3 dicas para usar serviços de e-mail de maneira segura

Serviços de e-mail criptografados e endereços eletrônicos temporários podem evitar coletas de dados e uma enxurrada de mensagens spam

Da Redação, editado por Daniel Junqueira 23/08/2020 15h00
E-mail
A A A

O seu e-mail é muito mais importante do que parece. Ele armazena seus logins de outras plataformas, recibos de pagamentos, tickets de viagens e diversos documentos privados. E talvez por guardar tantas informações, optar por um e-mail não tão popular, mas que preze pela privacidade, pode não ser má ideia.


A pandemia do coronavírus obrigou muitas empresas a adotarem o regime home office, e em muitas ocasiões, sem as medidas de segurança necessárias. Os cibercriminosos se aproveitaram disso. De acordo com um levantamento da Check Point, os ataques cibernéticos aumentaram em 60% no primeiro semestre, usando os e-mails como principal meio para a aplicação das violações.

Além da falta de proteção extra dos e-mails tradicionais contra mensagens de phishing e arquivos infectados com malware, as principais empresas de endereços eletrônicos podem coletar alguns de seus dados para otimizar outros serviços fornecidos.

Apesar de o Gmail não verificar o conteúdo dos e-mails, ele pode usar informações como localização e reservas de hotéis para aprimorar a experiência dos usuários, disponibilizando mapas locais da área e até permitindo a marcação de eventos em seu calendário. Outros grandes provedores de e-mail como Outlook e Yahoo podem não ser seguros o suficiente, dependendo das suas necessidades.

Por conta disso, listamos 3 dicas que podem trazer alternativas mais seguras do que serviços oferecidos pelas empresas de e-mail convencionais.

1. Opte por serviços que prezam pela segurança

computer-1591018_1920.jpg

Serviços de e-mail criptografados são mais difíceis de serem rastreados. Foto: Pixabay

Escolher um serviço mais privado pode demandar um certo trabalho inicial, mas trará maior certeza quanto a sua segurança online. Faça um balanço geral de todas as suas contas, pois será necessário alterar os endereços de e-mail associados a elas para o novo serviço.

O ProtonMail é protegido por algumas das leis de privacidade mais rígidas do mundo. Além de não ser necessária nenhuma informação pessoal para criar uma nova conta, o serviço dispõe de criptografia de ponta a ponta. Nem mesmo a empresa é capaz de acessar seu dados. É possível escolher pelo plano gratuito — que vem com 500 MB de armazenamento — ou por contratos a partir de € 4 (R$ 26 em conversão direta) por mês.

Caso você esteja disposto a fazer um investimento e optar por um serviço de e-mail reforçado, o Lavabit pode ser uma ótima opção. É certo que a Lavabit requer um pouco mais de trabalho nas configurações do que o ProtonMail — você terá que defini-lo como um cliente de e-mail externo—, mas a criptografia de suas mensagens e dados serão garantidas. Os serviços variam desde o básico ("modo confíavel", com custo de US$ 30 por ano - R$ 167 em conversão direta) até o "modo paranóico".

Dica: mesmo que opte por um serviço de e-mail de maior segurança, não exclua seu endereço eletrônico antigo. Use-o para contas que não contêm informações confidenciais ou sensíveis.

2. Crie contas em e-mails temporários

lukas-blazek-UAvYasdkzq8-unsplash.jpg

Serviços temporários são boas opções para evitar que suas contas principais fiquem lotadas de aúncios e e-mails spam. Foto: Unsplash

Outra opção para evitar coletas de dados e mensagens de spam é utilizar um endereço eletrônico temporário. Estes serviços geralmente utilizam combinações de números e letras aleatórios para a criação de uma nova conta e não exigem dados pessoais do usuário — dificultando a coleta de informações de terceiros. Também é possível utilizá-lo para repassar os e-mails recebidos para seu serviço de e-mail principal.

Uma das melhores opções no mercado é o Burner Mail. Por meio dele é possível gerar um e-mail exclusivo e anônimo para cada serviço assinado, dificultando o rastreamento por empresas e anunciantes. Você pode escolher por planos gratuitos ou premium.

Caso você precise de um e-mail apenas para conceder acesso em uma nova conta em determinada plataforma, o 10 Minute Mail pode te ajudar. Como o próprio nome diz, o serviço tem vída útil de 10 minutos. Após o período, sua conta e suas mensagens serão expiradas. Por isso é importante salvar ou encaminhar todos os e-mails de maneira rápida.

Até gigantes como Apple e o Firefox estão incorporando os recursos de e-mails temporários. Enquanto a dona do iPhone introduziu o Sign In with Apple (que cria um e-mail descartável associado ao seu login do iCloud), a Mozilla criou o Firefox Relay, bem semelhante ao serviço oferecido pela Apple.

3. Não envie e-mails

image-from-rawpixel-id-950877-jpeg.jpg

Arquivos podem ser enviados por plataformas que já contam com criptografia. Foto: Rawpixel

Nem toda mensagem necessariamente precisa ser enviada a partir de um e-mail eletrônico. Plataformas como o Signal (reconhecido pela sua segurança) e até mesmo o WhatsApp utilizam criptografia de ponta a ponta e possibilitam envios de textos, vídeos, fotos e arquivos.

Outros serviços como o WeTransfer e SendAnywhere possibilitam envios de arquivos maiores e oferecem serviços de compartilhamento protegidos por senha.

 

Via: Wired



e-mail Dicas&Tutoriais home office cibersegurança segurança cibernética
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você