Segurança

Loja Apple

Apple demite funcionário que roubou foto de iPhone de cliente

Vinicius Szafran, editado por Matheus Luque 08/11/2019 17h05
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Caso aconteceu na Califórnia; cliente teve sua foto roubada ao levar seu celular para o conserto

Uma cliente da Apple teve uma foto pessoal roubada por um funcionário da empresa ao levar seu telefone para o conserto. O caso aconteceu na nesta segunda-feira (4), na cidade de Bakersfield, na Califórnia. O funcionário foi demitido e agora pode responder criminalmente.


A cliente da Apple, Gloria Fuentes, levou seu iPhone à Apple Valley Plaza para uma troca do vidro frontal, que estava quebrado. Em um relato no Facebook, Gloria afirmou ter sido atendida por um funcionário chamado "Nick" (embora ela não tenha certeza do nome) e que ele passou alguns minutos manuseando o aparelho. Nesse intervalo, ele pediu a senha de acesso duas vezes. Acreditando estar segura ao ser atendida pela própria Apple, a jovem atendeu ao pedido.

No entanto, ela teria de levar seu smartphone à operadora para realizar o conserto, por conta de um seguro. Contudo, ao chegar em casa e abrir um aplicativo de mensagens, a jovem descobriu que um SMS havia sido enviado para um número desconhecido. Esta mensagem continha uma foto "extremamente pessoal", tirada por ela quase um ano antes, o que dá a entender que o funcionário passou diversos minutos analisando a galeria de Fuentes.

Ela então retornou à loja e confrontou o funcionário, que confirmou que o número para o qual a mensagem foi enviada era o dele, mas disse não ter ideia de como isso teria acontecido. O gerente, por sua vez, afirmou que o caso seria investigado.

Em seu post no Facebook, a jovem disse estar compartilhando o caso "porque iPhones são quase essenciais para os adolescentes hoje em dia e eu imagino que não sou a única e [imagino] o que ele já fez com a filha adolescente de alguém ou com qualquer outra mulher!".

Quando perguntada pelo portal Eyewitness News, a Apple afirmou que "iniciou imediatamente uma investigação interna e determinou que o empregado em questão agiu muito longe das diretrizes de privacidade estritas que guiam todos os funcionários da empresa." A companhia garantiu também que o funcionário foi demitido.

Por sua vez, Gloria prestou queixa no Departamento de Polícia de Bakersfield, e uma investigação para determinar se o suspeito sofrerá ações criminais já está em curso.

Via: MacMagazine

Celulares iPhone Apple Fotografia Invasão senha assédio Celular Assédio Virtual foto assédio sexual
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você