DuckDuckGo

DuckDuckGo vai disponibilizar dados de quem rastreia usuários online

Luiz Nogueira 06/03/2020 16h03
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Tracker Radar fornece aos interessados uma lista com mais de 5.326 domínios usados por 1.727 empresas

O DuckDuckGo, mecanismo de busca com foco em privacidade, passa a oferecer uma experiência que pode melhorar a navegação dos usuários. O buscador vai fornecer para navegadores independentes uma lista contendo todos os endereços que coletam a localização dos dispositivos.


O conjunto de dados, chamado de Tracker Radar, detalha informações sobre 5.326 domínios usados por 1.727 empresas e organizações que rastreiam o usuário enquanto ele usa a internet.

A ideia do DuckDuckGo é que os dados sejam acessados por qualquer indivíduo. No entanto, o foco fica para os serviços de navegação independentes, como o Vivaldi, com o intuito de que melhorem a privacidade dos usuários que utilizam seus softwares.

Essa estratégia reflete a crescente preocupação dos usuários com a proteção de sua privacidade. Empresas de publicidade são um dos segmentos que mais coleta informações para direcionar anúncios. Para tranquilizar os usuários, Gabriel Weinberg, CEO da DuckDuckGo, informou que outras empresas além dos navegadores independentes vão utilizar os dados reunidos para melhorar questões de privacidade.

Tal apreensão foi confirmada por uma pesquisa da empresa Cisco, realizada em novembro de 2019. De um total de 2.600 adultos, residentes de 12 das maiores economias do mundo, cerca de 32% declarou que tomou alguma medida de segurança para proteger sua privacidade online. Isso pode incluir a adoção de navegadores que bloqueiam sistemas que coletam dados, como o navegador Safari, da Apple. Existem também extensões para navegador que bloqueiam o acesso de sites às informações dos indivíduos.

Preocupação com a segurança

Para justificar a estratégia de liberação dos dados, a empresa disse que isso pode fazer com que ela perca espaço no mercado com o surgimento de concorrentes à altura. No entanto, eles reiteram que não se importam com isso, já que seu compromisso é com a privacidade do usuário. "Nossa visão para a empresa é elevar o padrão de segurança online. Essa visão supera o potencial de lucro aqui", disse Weinberg.

No entanto, o bloqueio dos rastreadores pode causar problemas nos sites, como impedir a reprodução de vídeos, bloquear transações em sites de comércio eletrônico e interromper processos de login.

Atualmente, o DuckDuckGo reconhece esses problemas, e busca maneiras de contorná-los com um código que engana os sites, mas não libera informações pessoais de seus utilizadores. Com a disponibilização dessas informações, outros serviços podem seguir os passos do mecanismo de busca.

Via: 9to5mac

Segurança privacidade Dados coleta de dados anonimato
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você