Este sujeito transformou um Porsche 911 em controle para jogar 'Doom'

O conceito de "longe demais" em relação a hacks de "Doom" acaba de ser redefinido. Já noticiamos aqui no Olhar Digital quando o jogo foi parar numa impressora, num caixa eletrônico, no Apple Watch e na Apple TV. Isso sem contar que existe um jogo que mistura "Doom" com "Super Mario" e um mod que coloca o apartamento (e personagens) do seriado "Seinfeld" dentro do jogo de tiro. Depois teve "Doom" na Touch Bar, do novo MacBook Pro, e em uma única tecla de um teclado.

Mas desta vez alguém realmente foi longe demais, porque colocou o título para rodar num… carro. E não é um carro qualquer, mas um Porsche 911, que, no Brasil, custa entre R$ 509 mil e mais de R$ 1,2 milhão.

O sujeito por trás do hack se chama Matt Swarthout. Em seu canal no YouTube, o "vexal", ele revelou os três passos simples para fazer com que "Doom" aparecesse na tela do veículo, ressaltando que, embora seu método seja voltado ao Porsche, é possível replicá-lo em praticamente qualquer carro com sistema de bordo.

Basicamente, só o que se precisa fazer é espetar um pen drive contendo o VIN do carro na sua entrada USB e dar a partida. Feito isso, o sistema deve iniciar em modo operacional, o que permite mexer no Windows, então basta inserir um disco do jogo e selecioná-lo para execução.

É difícil saber se isso foi só o que Swarthout fez para ativar o hack, mas ele mostra o esquema em funcionamento no vídeo. O mais intrigante é que os controles do carro respondem como se fossem mouse e teclado. Assim, o personagem anda quando o veículo é acelerado, vira para os lados de acordo com o volante e atira a buzinadas.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ