Uber anuncia recursos de segurança para parceiros e usuários

Empresa promoveu evento para lançar e demonstrar ferramentas

Nina Gattis, editado por Daniel Junqueira 04/09/2020 17h18
Uber
A A A

Na última quinta-feira (3), a Uber promoveu um evento online para anunciar seus novos recursos e iniciativas, que são resultados de esforços voltados à segurança dos usuários e parceiros. Além disso, a empresa contou que, desde o início da pandemia, investiu mais de R$ 50 milhões no Brasil, a fim de expandir a segurança e o apoio.


No evento, Marcello Azambuja, diretor do Tech Center da Uber no Brasil, relembrou dos recursos de segurança já presentes no aplicativo e revelou que, ao longo dos próximos cinco anos, o centro que dirige receberá um investimento de R$ 250 milhões para fortalecer ainda mais o setor.

"Temos um centro de desenvolvimento no Brasil focado em segurança. A tecnologia é um fator crucial para o desenvolvimento de medidas escaláveis e permite enfrentar a violência urbana. A Uber conecta pessoas no mundo digital para se encontrarem no mundo real e está comprometida em diminuir riscos e aumentar a segurança de todos que usam a nossa plataforma", explicou Azambuja.

Além do diretor, também apareceram no evento Mariana Esteves, gerente sênior de Produtos, e Erik Theuer, gerente geral de Produtos, para apresentar com mais detalhes os novos recursos oferecidos pela plataforma ao demonstrarem algumas das ferramentas anunciadas.

Reprodução

Bicicleta de entregador parceiro. Imagem: JPstock/Shutterstock

Claudia Woods, diretora-geral da Uber no Brasil, também aproveitou o momento para comentar as parcerias da empresa com iniciativas de combate à violência contra a mulher, destacando o projeto criado em meio à pandemia junto do Instituto Avon e da agência de publicidade Wieden+Kennedy para apoiar mulheres vítimas de violência doméstica.

"A violência contra a mulher é um problema social complexo, mas queremos combatê-lo junto com a sociedade civil e as organizações especialistas. Temos esse compromisso desde 2018, com uma série de projetos, como o treinamento de agentes, pesquisas e podcasts educativos. A partir de agora, expandiremos para o combate ao racismo e à LGBTQfobia", disse Woods.

Como já foi citado, a Uber tem investido em segurança e o evento foi reservado ao anúncio das novidades acerca do trabalho desenvolvido, como a checagem de documento dos usuários, a checagem de segurança alimentar para restaurantes, a criação de conteúdos educativos de segurança viária para os entregadores parceiros e a expansão de ferramentas como a detecção de paradas inesperadas. Confira:

Conteúdo educacional sobre segurança viária

Entregadores parceiros que trabalham com bicicletas e motocicletas passarão a receber mensagens educativas sobre melhorias práticas no trânsito. A intenção é incentivar que os parceiros tomem as devidas precauções a partir de informações relevantes fornecidas pela Confederação Brasileira de Ciclismo e por consultores de engenharia de trânsito.

Checklist de medidas de higiene para restaurantes

Agora, todos os restaurantes cadastrados no Uber Eats precisam passar por uma lista de verificações que confirmam que os estabelecimentos seguem medidas sanitárias.

Checagem de documento dos usuários

Usuários que optarem por pagar a primeira viagem ou entrega e dinheiro sem fornecer os dados do meio de pagamento, precisarão fornecer um documento de identidade, como o RG ou a CNH.

U-Ajuda 2.0

A ferramenta não é inédita, visto que foi lançada no ano passado, mas ganhou melhorias. Portanto, além de detectar automaticamente paradas inesperadas ou longas, o aplicativo identificará, também, a conclusão de viagens fora do destino planejado. Quando a plataforma perceber algo de estranho acontecendo com o caminho, o usuário e o motorista serão direcionados aos recursos de segurança disponíveis.

Reprodução

U-Ajuda 2.0 em ação. Imagem: Uber/Divulgação

Expansão nacional do U-Áudio

O recurso de áudio que já estava disponível em 16 cidades, chegará a todos os usuários e parceiros do Brasil. Com isso, motoristas e passageiros poderão relatar um incidente de segurança com uma gravação de áudio anexa. O processo é criptografado e a Uber só poderá acessar o áudio se o usuário enviá-lo como parte do relato.

Segurança uber motoristas uber eats entregadoras passageiro
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você