Após encerrar 'Farmville', Zynga compra empresa de jogos hipercasuais

Empresa pagou US$ 180 milhões para adquirir 80% da Rollic, companhia turca

Vinicius Szafran, editado por Daniel Junqueira 02/10/2020 16h55
Zynga
A A A

A Zynga, desenvolvedora norte-americana de games casuais, anunciou em agosto que iria adquirir a turca Rollic, desenvolvedora e editora de jogos hipercasuais, como "Go Knots 3D" e "Tangle Master 3D". Agora, nesta sexta-feira (2), a empresa diz ter concluído o negócio.


Apesar disso, a Zynga ainda não possui a Rollic completamente. O acordo, que gira em torno de US$ 180 milhões em dinheiro, foi para a compra de 80% da empresa, com valores adicionais para adquirir os 20% restantes dentro de três anos. Essa é a quarta aquisição da Zynga na Turquia. Apenas alguns meses antes do negócio com a Rollic, a companhia norte-americana pagou US$ 1,8 bilhões pela Peak Games.

O CEO da Zynga, Frank Gibeau, disse ao TechCrunch que isso representa o primeiro movimento da empresa no mundo dos jogos hipercasuais. Nesse tipo de jogo, os jogadores realizam tarefas simples, como atirar facas e desfazer nós.

Reprodução

Zynga ficou famosa com seus games no Facebook. Imagem: Divulgação/Zynga

Segundo Gibeau, a Rollic teve sucesso em um campo em que "nos primeiros três anos, todo mundo continuou chamando isso de moda passageira". Ele ficou particularmente impressionado com o processo de desenvolvimento da empresa, que lança jogos rapidamente, gerenciando uma rede de centenas de desenvolvedores.

O grande público da Rollic também impressionou a Zynga. Com a união, o público total aumentará para 160 milhões de usuários ativos por mês, sendo 65 milhões apenas da Rollic. Gibeau observou ainda que a capacidade de atingir um grande público e monetizá-lo sem rastreamento de anúncios será ainda mais importante após as mudanças na Apple, que exigirá que os desenvolvedores de aplicativos deixem seus usuários escolherem sobre o rastreamento de anúncios.

Gibeau afirmou que sua empresa está interessada em fazer mais aquisições, mas essa não é sua única estratégia. Apesar de ter enfrentado seus altos e baixos desde que pegou a onda dos jogos no Facebook, como "Farmville", o CEO acredita que a empresa superou as expectativas com um crescimento impressionante de receita nos últimos trimestres. "Acho que ainda temos muito a provar", afirmou ele.

"Farmville" será desativado após 11 anos

O jogo "Farmville", simulador de fazenda muito popular no Facebook no início da década de 2010, será desativado definitivamente em 31 de dezembro de 2020, afirmou a desenvolvedora Zynga, em comunicado.

Segundo a empresa, o fim do game é um reflexo da decisão do Facebook de encerrar o suporte para jogos em Flash na plataforma. Em junho, a Adobe anunciou que deixará de distribuir e atualizar o plugin de reprodução de mídia Flash Player.

Via: TechCrunch

Games Apple Facebook Zynga Farmville Indie games jogos
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você