Killjoy, a nova agente de 'Valorant', estreia no game em agosto

A hacker alemã marca o fim do Passe de Batalha do Ato 1 do jogo de tiro tático da Riot Games

Renato Mota 30/07/2020 12h07
Killjoy
A A A

Após pouco mais de dois meses do seu lançamento, "Valorant" ganhará mais uma agente: a hacker alemã Killjoy. O jogo de tiro tático gratuito da Riot Games inaugura sua nova personagem no próximo dia 4 de agosto, com o fim do Passe de Batalha do Ato 1.


As características de Killjoy favorecem um jogo mais defensivo, seja assegurando posições-chave no campo de batalha ou mantendo a pressão no lado dos adversários. Seus robôs acompanhantes facilitam o trabalho perseguindo inimigos ou os enfraquecendo.

Suas habilidades são:

  • Alarmbot – Um robô que persegue os inimigos que estão ao alcance. Depois de atingir seu objetivo, o bot explode, deixando os adversários vulneráveis. Os robôs também podem alertar sobre a presença de oponentes.
  • Turret - Implantar uma torre que atira nos inimigos visíveis em um ângulo de 180 graus. Assim como os Alarmbots, também alerta para adversários nas proximidades.
  • Nanoswarm – Uma granada que libera um enxame de nanobots. Assim como os coquetéis molotov de Brimstone, ela pode tornar partes do mapa, como a bomba, inacessíveis aos oponentes.
  • Lockdown – O Ultimate de Killjoy é uma armadilha que, quando disparada, prende todos os inimigos que estiverem em seu raio. Se ativado perto de uma bomba, pode atrasar a equipe defensora ou forçá-los a invadir o local e desativar o dispositivo.

O contrato de Killjoy, que dever ser concluído ou comprados para desbloquear a nova agente, inclui três sprays, dois títulos, um gun buddy e uma carta de jogador. O Passe de Batalha do Ato 2 também trará atualizações do andamento do jogo e exibirá as conquistas de um jogador no competitivo.

Ambientado em um futuro próximo na Terra, "Valorant" é a resposta da Riot Games ao sucesso de jogos como "Overwatch", da Blizzard, e "Counter-Strike", da Valve. O game traz um elenco de agentes com visual e cultura inspirados no mundo real.

Em termos de dinâmica, o jogo está mais próximo de "Overwatch" do que de "CS". São partidas de 5v5, com cada um dos personagens utilizando poderes sobre-humanos que complementam a mecânica de tiro, fornecendo suporte estratégico e informações táticas.

Como o foco da Riot está nos eSports, a desenvolvedora investiu em garantir a integridade competitiva e uma mecânica de alta fidelidade. "Valorant"  conta com servidores dedicados de 128-ticks gratuitos para todos os jogadores; um netcode personalizado para garantir a precisão no registro de hits; uma arquitetura de jogo em servidor autoritativo; além de um sistema exclusivo de prevenção e detecção contra cheats.

Configurações de hardware recomendadas (60 fps):

  • CPU: Intel i3-4150
  • GPU: Geforce GT 730

Configurações high-end (acima de 144 fps):

  • CPU: Intel Core i5-4460 3.2GHz
  • GPU: GTX 1050 Ti

Configurações mínimas (30 fps):

  • CPU: Intel i3-370M
  • GPU: Intel HD 3000

Recomendações de hardware:

  • Windows 7/8/10 de 64 bits
  • 4GB de RAM
  • 1GB de VRAM

Via: The Verge/Washington Post

Games Riot esports
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você