Games e Consoles

Flight Simulator

Microsoft anuncia versão ultra-realista do Flight Simulator

Clara Guimarães, editado por Rafael Rigues 25/07/2019 16h28
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Jogo estará disponível para PC e Xbox e conta com visuais incríveis, recriando locais reais em 4K com visual fotorrealista

A Microsoft anunciou duante a E3 deste ano, em Los Angeles, o retorno do seu simulador de vôos. O Flight Simulator estreou há 37 anos, antes mesmo do Windows existir. Desde então, ele provavelmente foi jogado por milhões de usuários de PCs, e a cada versão seus gráficos e realismo melhoravam.


Porém, a última grande atualização do Flight Simulator aconteceu faz tempo, em 2006, quando foi reempacotado para distribuição na plataforma Steam. Agora, os fãs do simulador podem comemorar seu retorno aos computadores e sua estreia no Xbox.

Ele foi anunciado de surpresa durante a apresentação da Microsoft na E3 . O diretor da divisão Xbox na Microsoft, Phil Spencer, disse que estava apreensivo sobre lançar o trailer do Flight Simulator em uma conferência que apresentava jogos populares como Gears of War e Forza.

'Eu me lembro de que estávamos passando pelo planejamento e eu pensava, 'podemos realmente ter o Flight Sim no nosso palco?', disse Spencer. 'Eu pensei com certeza, não há como. Mas depois vimos os visuais'.

Você poderá ver por si mesmo (no trailer abaixo), mas os visuais parecem cinematográficos e são surpreendentes. Locais do mundo real, incluindo Dubai, São Francisco e Egito, foram recriados em resolução 4K fotorrealista, com geografia e texturas capturadas a partir de imagens de satélite. Os jogadores poderão controlar vários aviões autênticos, desde aeronaves leves até veículos comerciais.

Também será possível definir suas próprias trajetórias de vôo e navegar por cenários imprevisíveis graças à plataforma de computação em nuvem Azure, também da Microsoft, que utiliza inteligência artificial e aprendizado de máquina para mudar dinamicamente as condições de vôo, como alterar o clima repentinamente. Assista ao trailer:

Spencer disse que, quando viu o trailer pela primeira vez, teve que confirmar com o Shannon Loftis, líder dos estúdios da Microsoft, que aquele era um jogo real. Isso porque o Flight Sim utiliza imagens realistas, posições geográficas precisas e mais.

Por essa razão, o simulador não caberia em um único disco - só os dados geográficos necessários ocupam mais de 2 petabytes, cerca de 20.000 discos BluRay - e portanto, sua criação na nuvem foi perfeita para seu funcionamento.

Os servidores da Microsoft farão um monte de processamento visual remotamente e transmitirão os resultados para a tela de um jogador, eliminando a necessidade de um PC superpotente em casa (embora você precise de uma conexão rápida com a Internet).

Isso com certeza demonstra uma nova geração de jogos que não serão mais limitados pelo tamanho de discos físicos. A criação de games em nuvem é apenas consequência da evolução da tecnologia: à medida que a tecnologia melhora e os desenvolvedores se esforçam para criar mundos virtuais cada vez mais realistas, os jogos aumentam de tamanho e o hardware necessário para executá-los se torna cada vez mais caro e, então, outra solução precisa ser encontrada.

O Flight Simulator testa essa possibilidade de jogos em nuvem e embora ter que logar online sempre que quiser jogar possa ser irritante, os gráficos e as atualizações das localizações em tempo real devem fazer valer a pena.

A nova versão do Flight Simulator será lançada em 2020.

Fonte: The Guardian

Microsoft Windows Simuladores Xbox PC Videogame game Flight simulator videogames jogos PCs jogos na nuvem
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você