Ondas cerebrais para treinar IA

Agência americana usa ondas cerebrais de gamers para treinar robôs

Guilherme Preta, editado por Matheus Luque 10/02/2020 12h32
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA planeja estudar 25 pessoas enquanto jogam videogame

Uma equipe de pesquisadores de inteligência artificial, da Universidade de Buffalo, planeja estudar as ondas cerebrais e movimentos oculares de pessoas enquanto jogam videogame. O grupo está usando as informações para criar uma IA avançada para coordenar as ações de frotas de robôs militares autônomos.


A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) dos EUA concedeu à equipe US$ 316 mil, cerca de R$ 1,365 milhões, para o estudo. O grupo ainda precisa coletar os dados dos jogadores, mas esse processo não deve demorar. Os pesquisadores já desenvolveram um jogo de estratégia em tempo real para o estudo, com cada rodada levando entre cinco e dez minutos para ser concluída.

Reprodução

Pesquisadores na Universidade de Buffalo - Foto: Digital Trends

Por fim, os pesquisadores esperam ter uma IA que possa orientar as ações de grupos de 250 robôs, dando a capacidade de navegar autonomamente em ambientes imprevisíveis. “Os seres humanos podem apresentar estratégias muito únicas que uma IA pode nunca aprender”, afirmou a pesquisadora Souma Chowdhury.

Via: Futurism

Robótica Inteligência Artificial Robôs IA cérebro
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você