Airbus e Audi poderão testar táxis aéreos na Alemanha

O governo alemão assinou, nesta semana, uma carta de intenção com executivos da Airbus  e da Audi que libera os testes de táxis aéreos no país — mais especificamente na região da Ingolstadt, cidade-sede da montadora. A informação vem da Bloomberg.

Os experimentos ainda não têm data para começar e o modelo que será usado nos testes também foi mencionado. No entanto, as duas empresas já apresentara um conceito de veículo voador modular desenvolvido por ambas, o Pop.up, no Salão de Genebra do ano passado.

Ministro dos Transportes da Alemanha, Andreas Scheuer destacou, em comunicado enviado à Bloomberg, que “táxis voadoras não são mais só uma visão, eles podem nos levar a uma nova dimensão de mobilidade”. “Eles são uma oportunidade enorme para empresas e jovens startups que já estão desenvolvendo essa tecnologia de forma concreta e bem-sucedida.”

Veículos do tipo podem vir a ser muito úteis em cidades que sofrem com o excesso de carros nas ruas, e não são só Audi e Airbus que sabem disso e que querem explorar esse mercado.

A Uber, por exemplo, realizou neste ano sua segunda conferência dedicada ao assunto e trabalha em conjunto com a Embraer e a Pipistrel Aircraft para seu desenvolver seu veículo aéreo. Já a Intel e a Daimler, dona da Mercedes, têm ajudado a startup Volocopter a dar vida a uma táxi voador, que ela espera colocar em ação comercialmente em até cinco anos. A própria Airbus já colocou um protótipo de um modelo autônomo desenvolvido com a Vahana, o Alpha One, para voar neste ano, nos EUA. 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ