Alphabet e Softbank estabelecem conexão LTE com drone na estratosfera

Sunglider voa a quase 20 km de altura e funciona como um 'satélite', fornecendo serviço de telefonia e banda larga a uma grande área

Rafael Rigues 08/10/2020 16h10
HAPS na estratosfera
A A A

A Loon, subsidiária da Alphabet e "irmã" do Google mais conhecida por seu serviço de conexão à internet usando balões, e a HAPSMobile, subsidiária da empresa japonesa Softbank demonstraram pela primeira vez uma conexão LTE (4G) com uma "torre de celular" montada em um drone autônomo movido a energia solar, voando na estratosfera


A aeronave, apelidada de "Sunglider" (planador solar), é baseada em um conceito chamado HAPS (High Altitude Platform Station, Estação em Plataforma de Grande Altitude). Ela é basicamente uma imensa asa com 78 metros de envergadura, quase a mesma de um Airbus A380, coberta por paínéis solares e impulsionada por 10 motores elétricos.

Reprodução

Detalhe dos motores e trem de pouso do Sunglider. Foto: HAPSMobile

A velocidade máxima é de 110 km/h, mas este não é seu objetivo. O Sunglider foi construído para vôos de longa duração a 19 km de altitude, em plena estratosfera. Nesta região uma única aeronave é capaz de fornecer serviços de telefonia e banda larga para uma grande área, funcionando quase que como um "satélite" sem a complexidade e o custo de um vôo orbital.

A plataforma de telecomunicações ou "carga útil" foi desenolvida pela Loon e opera na Banda 28 do espectro LTE, a mesma usada por telefones celulares. Isso permite que os aparelhos se conectem diretamente à aeronave, como se fosse uma torre de telefonia comum.

O vôo de teste durou 15 horas e foi feito em 21 de setembro a partir do Spaceport America, um espaçoporto comercial no deserto de Mojave no Novo México, nos EUA. Segundo a HAPSMobile, os equipamentos funcionaram bem apesar dos ventos de mais de 100 km por hora e baixa temperatura, que chegou a -73 ºC.

Para demonstrar a qualidade da conexão foi feita uma videoconferência com "alta definição" e "baixa latência" que contou com a participação de Vint Cerf, reconhecido como um dos "pais da Internet" e Evangelista Chefe da Internet no Google, e Jun Murai, conhecido como o "pai da Internet no Japão", professor da Faculdade para Estudos Ambientais e da Informação na Universidade Keio e diretor externo da HAPSMobile.

Reprodução

Técnicos instalam a antena LTE a bordo do Sunglider. Foto: HAPSMobile

Segundo Junichi Miyakawa, Diretor e CTO da SoftBank Corp., e também Presidente e CEO da HAPSMobile: “Estou muito feliz que nosso equipamento de comunicação sem fio desenvolvido em conjunto com o Loon excedeu nossas expectativas em condições severas e grande altitude".

"Por meio desse teste, obtivemos dados vitais que irão acelerar o desenvolvimento de serviços comerciais e melhorar a cobertura e a qualidade de nossa conectividade HAPS. Estamos ansiosos para desenvolver ainda mais nossa carga útil com o Loon para que possamos revolucionar a conectividade móvel e eliminar a divisão digital mundial", afirmou.

Durante o voo de teste a HAPSMobile também realizou medições básicas de dados de propagação de ondas de rádio da estratosfera para o solo que serão usados em futuras contribuições para o Setor de Radiocomunicações da União Internacional de Telecomunicações (ITU-R), visando a padronização internacional. O teste também forneceu dados sobre como o HAPS poderá ser usado para fornecer telecomunicações em cenários de desastre e ajudar a salvar vidas.

Fonte: Loon

Google Telefonia Banda Larga LTE 4G Alphabet Loon softbank
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você