Android 11 facilitará conexão com redes públicas de Wi-Fi

Nova API padroniza as especificações, evitando erros comuns nessas redes;

Vinicius Szafran, editado por Fabiana Rolfini 24/07/2020 16h23
Android 11
A A A

Pontos de acesso de Wi-Fi público com portais cativos (aqueles sites em que você precisa aceitar os termos e condições ou fazer login antes de acessar a internet) são o terror de quem frequenta cafés e restaurantes.


Às vezes, a verificação do portal cativo do Android falha e você precisa descobrir qual site acessar para aceitar os termos. Em outras, percebe que é difícil verificar a quantidade de dados que resta. O Google pretende deixar isso muito mais simples com o Android 11, mas depende da ajuda de provedores públicos de Wi-Fi.

O Beta 2 do Android 11 foi o primeiro a lançar uma nova API de portal cativo que fornece aos pontos de acesso uma maneira confiável de se identificarem como portais cativos. A interface é baseada nas especificações da Internet Engeneering Task Force, que descrevem como essas redes devem ser configuradas para serem reconhecidas corretamente e propõem a aparência dessa API. Isso pode significar que a API talvez seja adotada em outros sistemas, como Windows, MacOS, Linux e iOS. Se isso acontecer, todos terão mais facilidade para acessar redes públicas.

android-11-captive-portal-notification.png

Notificação recebida após efetuar a conexão com rede Wi-Fi pública. Imagem: Android Police

 

Portais cativos

O Android fornece suporte à detecção de portais cativos desde o Android 5.0 (nível 21 da API), mas o método usado se baseia no envio de partes do HTTP em texto não criptografado para locais conhecidos. Ao redirecionar essa consulta, o sistema assume que um portal cativo está em vigor. Porém, como não há endereço padronizado para análise, esse método está sujeito a erros. Algumas análises são bloqueadas ou permitidas acidentalmente, em vez de redirecionadas. Como a maioria das redes públicas de Wi-Fi ainda não suportam a nova API, o Android seguirá usando esse método quando necessário.

Além disso, o Android 11 também suporta informações publicadas no local. Ou seja, os proprietários do local podem criar um link para um site de sua escolha depois que o usuário concordar com os termos ou fizer login. Um museu poderia fornecer informações sobre a exposição e um café poderia mostrar seu cardápio para os clientes, por exemplo. Esses sites estarão disponíveis por meio dos detalhes de rede, no menu de Configurações, e também pela notificação que você recebe ao acessar a internet com sucesso.

android-11-captive-portal-network-details.png

Detalhes da rede nas Configurações mostram onde acessar o site para fazer login. Imagem: Android Police

Futuramente, o Google quer atualizar a API via Google Play. A empresa pretende adicionar o tempo e as estatísticas de dados restantes para avisar aos usuários quanto tempo eles ainda têm para usar a rede.

O Android 11 tem outros truques de Wi-Fi na manga, como uma opção para impedir a conexão automática a redes conhecidas e deletar bugs por tecnologia wireless (sem fio).

Via: Android Police

Google Linux Windows Wi-Fi Android iOS Google Play macOS Android 11
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você