Apple encerra parceria com empresa acusada de violar leis trabalhistas

Pegatron, que monta iPhones, é acusada de ter falsificado documentos laborais para permitir que estudantes trabalhassem como empregados completos

Rafael Arbulu, editado por Daniel Junqueira 09/11/2020 13h25
Apple iPhone 12
A A A

A Apple anunciou a suspensão de todas as relações comerciais e encomendas de serviços com a montadora taiwanesa Pegatron, responsável pela linha de montagem de alguns modelos do iPhone e do iPad. A empresa liderada por Tim Cook acusa a companhia de falsificar documentos trabalhistas, reclassificando estudantes como empregados efetivos e lhes permitindo trabalhar e receber por horas extras - uma violação do código de conduta da Apple.


"A Pegatron falsificou a classificação de funcionários estudantis em seu programa, alterando documentos para esconder suas violações de nosso Código, incluindo permitir que estudantes trabalhassem horas extras à noite e, em alguns casos, desempenhar funções incoerentes com suas áreas de estudo”, disse a Apple em um comunicado enviado à Bloomberg por e-mail. “Os indivíduos responsáveis pelas violações da Pegatron mostraram esforços extraordinários para evitar nossos mecanismos de supervisão”.

Reprodução

Empresa que monta iPhones em Taiwan falsificou documentação de empregados para permitir que estudantes trabalhassem além do permitido. Imagem: Wikimedia Commons/Reprodução

A Pegatron recentemente investiu algo próximo de US$ 1 bilhão (R$ 5,35 bilhões) em uma nova fábrica de montagem, pouco antes de receber a notícia de que a Apple suspenderia futuras encomendas e não faria novos negócios até que a situação dos estudantes empregados pela empresa fosse resolvida.

Um porta-voz da Pegatron respondeu à Bloomberg, dizendo: “Estamos trabalhando nas ações de correção e estamos confiantes de que vamos resolver isso rapidamente”. O porta-voz também confirmou que pelo menos um gerente de área da empresa foi demitido. Felizmente, a Apple não encontrou nenhuma evidência de trabalho infantil por parte da montadora.

Nenhuma das duas empresas confirmou, mas até onde se sabe, o trabalho de montagem de novos iPhones pela Pegatron deve continuar até a finalização das encomendas feitas pela Apple antes de todo o caso vir à tona. No caso de trabalhos futuros, porém, há quem especule que, no caso de a Pegatron demorar demais, a Apple leve seus negócios à concorrente Luxshare, que também investiu na construção de uma fábrica de montagem recentemente.

Fonte: Bloomberg

iPhone Mercado Apple Negócios iPad
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você