Bancos iniciam pré-cadastro de chaves do PIX; entenda o que elas são

Nubank, Inter, Bradesco, Santander e Original já recebem registros de intenção; cadastramento efetivo das chaves de endereçamento ocorrerá a partir de outubro

Victor Pinheiro 04/09/2020 19h19
PIX - Sistema de Pagamentos Instantâneos
A A A

Bancos e fintechs já oferecem o pré-cadastro de chaves de endereçamento do PIX para clientes interessados no sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. Nesta quinta-feira (3), o Nubank anunciou que clientes podem realizar o registro de intenção por meio do aplicativo da empresa e indicar quais dados desejam cadastrar para receber transferências.


O Bradesco adicionou uma nova seção "PIX" ao menu da plataforma mobile da empresa. O aplicativo permite pré-cadastrar um número de celular, e-mail, CPF ou as três informações. Nos dois primeiros casos, o banco utiliza um sistema de autenticação de dois fatores. O Santander recebe pedidos por meio da plataforma Santander SX, desenvolvida especialmente para atender ao sistema de pagamentos instantâneos do BC.

Já o Banco Inter fez um convite aos usuários do aplicativo da companhia e também dedica uma seção para o PIX. O Banco Original efetua o registro de intenção por meio de um chatbot no app. Ao acessar a plataforma, o usuário deve acionar o menu ajuda e escolher a opção "PIX". O programa vai responder com informações sobre o sistema de pagamentos instantâneos e oferecer o pré-cadastro.

O Banco Central planeja inaugurar oficialmente o PIX em 16 de novembro. As instituições participantes, no entanto, já poderão registrar efetivamente as chaves de endereçamento a partir de 5 de outubro. O sistema promete transações seguras com período de liquidação de poucos segundos, sem restrições de datas ou horários, além de soluções de pagamentos por Código QR.

O que são as chaves de endereçamento

As chaves de endereçamento vão vincular a identidade de um usuário a uma conta cadastrada no diretório do PIX. Os dados podem ser o e-mail, CPF, CNPJ ou o número de celular. A proposta é que pagadores possam realizar transferências ao inserir somente uma das informações, sem a necessidade de indicar os dados bancários do recebedor.

Cada chave, no entanto, será limitada a uma única conta. Isso significa que se o usuário associar seu CPF a uma plataforma, todas as transações no PIX realizadas com o código serão encaminhadas para ela. O sistema vai permitir que pessoas físicas registrem até cinco chaves por conta. Já pessoas jurídicas poderão cadastrar até vinte.

O PIX ainda vai oferecer códigos aleatórios como chaves de endereçamento. A ideia é atender a usuários que não desejam compartilhar seus dados com outras pessoas. Isso não exclui, porém, que, ao realizar uma transferência, o pagador terá acesso ao nome completo, parte dos dígitos do CPF e ao nome do banco do recebedor.

Vale lembrar que o cadastro das chaves não é obrigatório para utilizar o serviço, uma vez que usuários também poderão realizar transferências informando dados bancários do destinatário.

pagamentos digitais banco central pagamentos instantâneos pix
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você