Celulares dobráveis smartphones dobráveis

Celular dobrável: um guia de todos os modelos lançados até agora

Lucas Carvalho 25/02/2019 18h24
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Tudo o que você precisa saber para não ficar perdido na nova mania da indústria da tecnologia.

Celulares dobráveis são uma tendência cada vez mais popular no mercado da tecnologia. Grandes fabricantes de dispositivos móveis, como a Samsung e a chinesa Huawei, já anunciaram os seus primeiros produtos na categoria, e a lista de aparelhos semelhantes não para de crescer.


Pensando nisso, preparamos uma lista completa com todos os smartphones de tela flexível já lançados, aqueles que ainda estão em produção e os principais rumores que podem virar realidade nos próximos meses de 2019.

Confira tudo sobre eles nos parágrafos abaixo.

Royole FlexPai

Reprodução

  • Tela principal: 7,8" (1920 x 1440) AMOLED Flexível (4:3);
  • Câmera dupla: 16 MP + 20 MP;
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 855 octa-core (2,8 GHz);
  • Memória RAM: 6 GB / 8 GB;
  • Armazenamento: 128 GB / 256 GB;
  • Bateria: 3.970 mAh;
  • Lançamento: dezembro de 2018;
  • Preço: 8.999 yuans.

O FlexPai é considerado, oficialmente, o primeiro celular dobrável do mundo. Ele foi anunciado no final de outubro de 2018 por uma startup chinesa pouco conhecida chamada Royole.

O dispositivo foi uma das atrações da CES 2019, maior evento de tecnologia do ano, e nós pudemos experimentá-lo por lá. Só que a nossa experiência não foi muito positiva.

Primeiro de tudo, a tela dobrável não dobra totalmente. Ela enverga a um ponto em que as pontas do aparelho se encontram na traseira, mas sobra um grande volume no meio. Ali, há dobradiças que impedem que o usuário coloque pressão demasiada no painel para achatá-lo completamente.

Isso faz com que não seja tão fácil guardar o aparelho dobrado no bolso, por exemplo. Mas um ponto interessante é que quando o aparelho está dobrado, cada parte da tela funciona de forma independente da outra.

Samsung Galaxy Fold

Reprodução

  • Tela principal: 7,3" QXGA+ AMOLED Dinâmica (4,2: 3);
  • Tela externa: 4,6" HD+ Super AMOLED (21: 9);
  • Câmera externa: 10 MP (f/2.2);
  • Câmera traseira tripla:
    • Ultra-Wide: 16 MP (f/2.2);
    • Wide-Angle: 12 MP (f/1.5 + f/2.4) com Estabilizador Óptico de Imagem (OIS);
    • Zoom óptico: 12 MP (f/2.4) com Estabilizador Óptico de Imagem (OIS);
  • Câmera frontal dupla:
    • Selfie: 10 MP (f2.2);
    • Profundidade RGB: 8 MP (f/1.9);
  • Processador: octa-core de 64 bits 7nm;
  • Memória: 12 GB de RAM;
  • Armazenamento: 512 GB (UFS 3.0), sem espaço para cartão MicroSD;
  • Bateria: 4.380 mAh;
  • Lançamento: 26 de abril de 2019;
  • Preço: € 2.000.

Este é, oficialmente, o segundo celular dobrável do mundo a chegar ao mercado - ou seja, é o segundo do tipo que poderá ser realmente comprado por quem estiver disposto a pagar o alto preço que a fabricante coreana está cobrando.

A tela interna, que o usuário vê quando o dispositivo está aberto, tem 7,3 polegadas na diagonal e proporção de 4,2:3. É mais parecida com um tablet, com direito a um pequeno entalhe no canto superior direito para abrigar a câmera frontal dupla.

Já a tela externa, que aparece quando você fecha o dispositivo, tem só 4,6 polegadas e proporção de 21:9. É consideravelmente menor e mais estreita que uma tela de celular comum, e deixa um grande espaço para as bordas superiores e laterais.

Além disso, o Galaxy Fold possui duas baterias para abastecer todo o equipamento e nada menos do que seis câmeras: três na parte de trás, duas na parte de dentro e uma na "capa" do dispositivo quando ele está fechado.

Huawei Mate X

Reprodução

  • Tela:
    • Aberta: 8" (2480 × 2200 pixels) OLED;
    • Frontal (dobrada): 6,6" (2480 × 1148 pixels) OLED;
    • Traseira (dobrada): 6,4" (2480 × 892 pixels) OLED;
  • Processador: Kirin 980 octa-core (2,6 GHz);
  • Memória: 8 GB de RAM;
  • Armazenamento: 512 GB (expansível com cartão NM de até 256 GB);
  • Câmera tripla:
    • Principal: 40 MP;
    • Ultrawide: 16 MP;
    • Telefoto: 8 MP;
  • Bateria: 4.500 mAh com carregador de 55 watts;
  • Lançamento: segundo trimestre de 2019;
  • Preço: € 2.299.

O Mate X foi apresentado em um pré-evento da Huawei, às vésperas do primeiro dia oficial da Mobile World Congress 2019, maior feira de tecnologia mobile do mundo, sediada em Barcelona. Ele se destaca por um design mais bem acabado e o preço mais caro dos três até aqui.

Quando o dispositivo é dobrado, o usuário tem um smartphone de tela dupla OLED, sendo que cada uma tem 6,6 polegadas. Quando as telas se transformam em uma só, o dispositivo vira um tablet com display de 8 polegadas.

O design da dobradiça responsável por esse processo leva o nome de Falcon Wing. O projeto conta com mais de 100 componentes, levou três anos para ser desenvolvido e é patenteado pela Huawei. Além de ter uma tela maior que a do Galaxy Fold, o Mate X também é mais fino que o seu principal concorrente.

Seu modo de transformação de um smartphone para um tablet também ocorre de maneira diferente do Fold: ele se abre no sentido contrário, com a segunda tela ficando na traseira do aparelho e não na parte de dentro, como o acontece com o representante da Samsung.

O dispositivo conta ainda com três câmeras - uma grande angular de 40 MP, outra ultra grande angular de 16 MP e uma terceira telefoto de 8 MP. Na hora de tirar uma selfie no modo smartphone, como não há câmera "frontal", basta utilizar a segunda tela, a parte que fica dobrada para trás, para visualizar o resultado.

Em desenvolvimento

Além dos produtos que já foram anunciados, com data de lançamento e preço, há aqueles que ainda não foram oficializados, mas que estão em desenvolvimento e devem ser lançados ainda em 2019.

Oppo

A chinesa Oppo também exibiu na MWC 2019 o seu protótipo de celular dobrável. Ainda sem nome, data de lançamento ou preço, o dispositivo lembra muito o Huawei Mate X. Além do design, porém, a Oppo não deu detalhes sobre a ficha técnica do aparelho.

TCL

A TCL, dona das marcas Alcatel, BlackBerry e Palm, levou à MWC nada menos do que cinco protótipos de celulares dobráveis. Tem para todos os gostos: um com tela interna, outro com tela externa; um que dobra verticalmente, e não lateralmente, outro que faz o mesmo no sentido contrário; e um que pode ser dobrado no pulso até virar um relógio. Eles ainda são provas de conceito e não puderam nem ser tocados durante a MWC.

Xiaomi

Reprodução

A Xiaomi divulgou em janeiro, sem fazer um alarde, um vídeo em que o presidente da empresa e co-fundador, Lin Bin, aparecia mexendo com um celular que se dobra em dois pontos da tela. No entanto, o produto não foi exibido na MWC nem teve qualquer outro detalhe revelado até o momento.

Na disputa

Motorola

Rumores indicam que a Motorola está desenvolvendo um smartphone dobrável sob a marca Motorola RAZR. A informação ganhou força com a descoberta de uma patente registrada em dezembro do ano passado. A expectativa da indústria é de que a Motorola relance o clássico RAZR V3, celular icônico da fabricante, mas agora com tela dobrável em vez do popular formato flip. A empresa, porém, não confirma.

LG

De acordo com o registro de uma patente da LG, a empresa estuda a possibilidade de usar a mesma tecnologia da sua TV enrolável em seus futuros smartphones dobráveis. Mas, oficialmente, a companhia não quer saber do assunto. Brian Kwon, chefe da divisão mobile da LG, disse durante uma conferência em Seul em fevereiro que "é muito cedo para a LG lançar um aparelho dobrável".

Apple

No meio de tudo isso, alguém pode se perguntar: cadê a Apple? A empresa que deu início à era dos smartphones modernos com o iPhone até agora não demonstrou publicamente interesse na tecnologia de telas flexíveis. Mas em fevereiro, a Maçã entrou com um registro de patente de um celular dobrável, e de acordo com a CNBC, o parelho deve ser lançado no segundo semestre de 2020.


Samsung Huawei xiaomi smartphone dobrável
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você