Dados de usuários do Uber Eats vazam na dark web

Dados confidenciais, como detalhes do cartão bancário, foram disponibilizados na camada não indexada da web

Nina Gattis, editado por Liliane Nakagawa 07/08/2020 20h45
Uber Eats alcança marca de 1 bilhão de pedidos feitos no mundo
A A A

Credenciais de usuários do Uber Eats foram encontradas na deep web pela Cyble, uma empresa de cibersegurança que monitora o ambiente não indexado pelos mecanismos de busca padrão. 


De acordo com a Cyble, nove arquivos TXT - ou seja, arquivos de texto sem formatação - com informações valiosas sobre os entregadores e clientes do Uber Eats foram vazados na dark web por um cibercriminoso.

Entre as informações disponibilizadas estavam credenciais de 579 clientes, bem como dados confidenciais de 100 motoristas, incluindo nome completo, número de contato e detalhes do cartão bancário.

Os dados disponibilizados dá a possibilidade de acessar as informações pessoais juntamente com os detalhes do cartão - uma combinação perigosa em mãos erradas.

Reprodução

Print dos dados do Uber Eats vazados na dark web. Imagem: Cyble

Outras plataformas de entregas de alimento, como Zomato (indiana), Foodora (alemã) e Dunzo (indiana), também sofreram violações de dados anteriormente, vazando dados de milhões de usuários.

Ainda que de um segmento diferente, a plataforma de videoconferências Zoom também teve cerca de 530 mil credenciais de usuários vendidas na dark web. Foi a Cyble, mesma empresa responsável por encontrar os dados relacionados ao Uber Eats, que revelou o vazamento referente ao Zoom.

É importante ressaltar que o vazamento das informações sobre clientes e entregadores do Uber Eats não significa, necessariamente, que a plataforma tenha sofrido algum tipo de ataque. É possível que os invasores tenham conseguido coletar os dados de aplicativos ou plataformas de terceiros.

Confira algumas dicas para evitar ter seus dados vazados por cibercriminosos:

  • Nunca compartilhe informações confidenciais ou pessoais por email, SMS ou mensagens diretas;
  • Use a autenticação de dois ou mais fatores para suas contas; é importante também garantir o uso de senhas fortes, que são mais difíceis de decifrar;
  • Monitore suas transações financeiras: se você perceber que algo mudou ou algum dinheiro sumiu sem sua permissão, entre em contato imediatamente com seu banco;
  • Baixe uma solução antivírus confiável ou use um aplicativo de segurança pré-instalado em seus dispositivos para obter permissões de privacidade, verificação de vírus e proteção de pagamento.

Via: HackRead

Deep web vazamento de dados cibersegurança dark web uber eats
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você