5G

Estudo compara a velocidade do 5G nas maiores operadoras dos EUA

Bruna Lima, editado por Roseli Andrion 01/07/2019 14h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Foram feitos testes com a Verizon, a AT&T, a Sprint e a T-Mobile. O principal aspecto considerado foi a velocidade de download

O 5G foi anunciado nas quatro principais operadoras dos EUA — Verizon, AT&T, Sprint e T-Mobile, e a CNet fez diversos testes em cidades dos EUA para ver qual a diferença entre os serviços. O veículo afirma com segurança que o 5G está chegando e, com ele, uma das mais importantes competições e desafios enfrentados atualmente.


A quinta geração é a tecnologia que substituirá as atuais redes 4G LTE e promete velocidades de download de 2 a 10 vezes mais rápidas — e que, um dia, pode chegar a 100 vezes. Com ela, é possível baixar horas de vídeo em segundos, fazer vídeochamadas sem falhas e até usar jogos pesados em tempo real. A operadora que tiver velocidades de download mais altas, área de cobertura mais ampla e serviço mais consistente pode se tornar líder no mercado mobile.

Por enquanto, a AT&T tem velocidades de download mais altas, mas ainda não foi testada em situações reais, apenas em demonstrações. Embora os clientes comuns não possam usar seu 5G até 2020, a empresa já ultrapassa a alta velocidade da Verizon, dobra o pico da T-Mobile e triplica o da Sprint. Entretanto, velocidade não é tudo: sua consistência e a abrangência da cobertura são tão importantes quando downloads rápidos.

Nos testes da CNet, a rede 5G da AT&T atingiu 1,8Gbps, enquanto a da Verizon ficou com 1,3Gbps. Isso é especialmente impressionante, já que a AT&T limita suas velocidades de 5G a 2Gbps, o que sugere que elas poderiam ser ainda maiores. A Sprint atingiu um pico de 484Mbps, o que é 3,7 vezes mais lento do que a maior pontuação.

A CNet ressalta que essa é uma comparação imperfeita de muitas maneiras. A Sprint usa espectro diferente por frequências de rádio, que cobrem uma área comparativamente maior, mas são um pouco mais lentas. A Verizon e a AT&T usam onda milimétrica, que produz velocidades extremamente altas para uma área específica, um ponto que pode ser considerado uma vantagem.

Nenhuma conclusão pode ser tirada por enquanto: trata-se apenas de uma simulação de como poderia ser o cenário nos EUA. Outros fatores, como clima e número de usuários, podem influenciar. Eles afirmam não terminado os testes, uma vez que os resultados mais expressivos só serão vistos quando o consumidor começar, de fato, a usar as redes 5G.

Via: CNet

AT&T Verizon Sprint 5G T-Mobile
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você