EUA planejam desenvolver uma internet quântica impossível de hackear

País já tem a maior rede quântica do mundo, com mais de 80 quilômetros de extensão; protótipo deve ficar pronto em 10 anos

Vinicius Szafran, editado por Daniel Junqueira 27/07/2020 17h28
Mundo quântico
A A A

O Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) divulgou ena semana passada uma estratégia para desenvolver uma internet quântica "inatacável". O DOE afirma que isso empurrará o país para a frente da corrida quântica global, além de inaugurar uma nova era das comunicações.


Em dezembro de 2018, o presidente Donald Trump assinou a Lei Nacional da Iniciativa Quântica, que agora tem uma rota traçada para seu desenvolvimento.

"O Departamento de Energia tem orgulho de desempenhar um papel instrumental no desenvolvimento da internet quântica nacional", disse Dan Brouillette, Secretário de Energia dos EUA. "Ao construir essa tecnologia nova e emergente, os Estados Unidos continuam com seu compromisso de manter e expandir nossas capacidades quânticas".

A nova rede seria como uma internet paralela, funcionando ao lado da web já existente. Seria uma maneira mais segura de enviar e processar informações financeiras e governamentais. De acordo com o Departamento, se tudo correr conforme o planejado, um protótipo do sistema de comunicação quântica poderá entrar em funcionamento dentro de uma década.

Reprodução

Sistema utiliza emaranhados quânticos para transmitir dados. Imagem: Reprodução

Enquanto a internet atual transmite informações codificando dados em partículas de luz chamadas fótons, a internet quântica transmite dados em um emaranhado de fótons, usando uma combinação de fibra ótica, satélites e tecnologias de comunicação sem fio.

A nova tecnologia será desenvolvida em conjunto pelos 17 Laboratórios Nacionais do DOE, que funcionarão como a espinha dorsal da internet quântica. O Departamento afirma que ela "dependerá das leis da mecânica quântica para controlar e transmitir informações com mais segurança do que nunca".

Ainda em seus estágios iniciais de desenvolvimento, a internet quântica pode se tornar uma rede para comunicação segura e extremamente impactante para áreas críticas como a segurança nacional, ciência e indústria.

Em fevereiro deste ano, cientistas da Universidade de Chicago e do Laboratório Nacional Argonne (pertencente ao DOE) em Lemont, Illinois, emaranharam fótons através de um "loop quântico" de 52 milhas (quase 84 quilômetros) de distância entre os pontos, nos subúrbios de Chicago, estabelecendo com sucesso uma das maiores redes quânticas do mundo. Essa rede será conectada em breve ao Fermilab, também do DOE, em Batavia, Illinois. Assim, o departamento estabelecerá uma plataforma de teste de três nós, com pouco menos de 129 quilômetros de comprimento.

O projeto terá US$ 1.275 bilhão alocado como parte da Lei Nacional da Iniciativa Quântica.

Via: Techworm

Internet Web estados unidos EUA Sistema Quântico
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você