Facebook, Twitter e Instagram

Facebook permite transferência direta de imagens para o Google Fotos

Guilherme Preta, editado por Matheus Luque 02/12/2019 10h07
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Ferramenta faz parte do programa de portabilidade de dados

O Facebook vai permitir que seus usuários transfiram todas as suas fotos e vídeos diretamente para o Google Fotos, esse é o primeiro passo em uma iniciativa para aumentar a portabilidade de dados.


O anúncio acontece dois meses depois de a rede social publicar que procurava abordar algumas das principais questões relacionadas à disponibilização de dados entre serviços online. Porém, essa notícia faz parte do Projeto de Transferência de Dados (DTP) de código aberto, anunciado ano passado pelo Google, Facebook, Microsoft e Twitter, com a Apple entrando no projeto algum tempo depois.

O DTP tem como finalidade reduzir o atrito entre os serviços e os usuários, podendo mover dados de uma plataforma para outra. As principais plataformas estão trabalhando juntas para desenvolver APIs para conectar seus respectivos serviços, para que os usuários não precisem baixar e recarregar manualmente seu conteúdo.

“No Facebook, acreditamos que, se você compartilhar dados com um serviço, poderá movê-lo para outro”, afirmou Steve Satterfield, diretor de privacidade e políticas públicas do Facebook. “Esse é o princípio da portabilidade de dados, que oferece às pessoas controle e escolha, enquanto incentiva a inovação”, continuou.

Uma parte chave da ferramenta de portabilidade de dados é que ela deve dar uso real para o usuário final. O Facebook, por exemplo, já oferece uma ferramenta de exportação de dados que disponibiliza uma cópia de alguns dos dados que a rede social guarda sobre o usuário. Porém, isso não torna os dados tão utilizáveis.

Portabilidade de dados

A nova ferramenta de transferência de dados está disponível na Irlanda como parte da fase de testes, embora o Facebook tenha se comprometido a implementá-la no mundo todo no início de 2020. O serviço pode ser acessado a partir do menu de configuração na rede social. A empresa garantiu que todo o conteúdo exportado será criptografado.

Considerando que outros serviços assinaram o DTP, é provável que a ferramenta seja expandida para que fotos e vídeos de outras plataformas, como Twitter, Microsoft, Google e Apple, possam ser baixados sem problemas. Quando isso vai acontecer ainda é desconhecido.

Embora o Facebook afirme que acredita firmemente na portabilidade de dados como conceito, é possível que haja outros motivos para que a ferramenta tenha sido lançada. O Regulamento Geral de Proteção de Dados da Europa, que entrou em vigor em maio, estipula que os usuários devem transportar facilmente seus dados entre serviços. A Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia, que vai entrar em vigor no dia 1º de janeiro, também afirma que o usuário deve ter acesso a qualquer informação pessoal “em um formato prontamente utilizável que permita ao consumidor transmitir essas informações a outra entidade sem impedimentos”.

Ser capaz de transferir fotos e vídeos entre serviços é apenas um passo nesse processo de portabilidade, e muitos argumentam que os usuários devem poder transferir toda a sua informação social entre serviços para facilitar a concorrência entre as redes sociais. O Facebook insinuou que vai produzir ferramentas para isso no futuro, porém só o tempo dirá se isso vai realmente acontecer.

Via: Venture Beat

Microsoft Google Apple redes sociais portabilidade Twitter Facebook Google fotos
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você