Galaxy Note 10

Galaxy S20 Ultra pode ser o primeiro celular com 16 GB de memória RAM

Renato Santino 14/01/2020 15h01
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Vazamentos indicam que o aparelho, que será apresentado em 11 de fevereiro, também terá câmera de 108 MP

Falta menos de um mês para o evento de apresentação dos celulares da família Galaxy S20 e, como é costume, as informações começaram a vazar aos montes. Boa parte das especificações do modelo mais avançado da nova família foram reveladas nesta terça-feira (14), com destaque para memória RAM e câmera.


De acordo com Max Weinbach, que tem vazado várias informações sobre o S20, o modelo mais potente da linha, chamado Galaxy S20 Ultra 5G, contará com até 16 GB de memória RAM. O dispositivo da Samsung pode ser o primeiro do mercado a alcançar essa marca, que seria mais do que suficiente para a maioria em um desktop, imagine então em um celular. Em termos de armazenamento, ele contará com até 512 GB internos e espaço para cartão microSD de até 1 TB. O Ultra também deve contar com um chipset Snapdragon 865.

O S20 Ultra deve ser diferente dos outros modelos também em relação a câmera, conta com um sensor com nada menos do que 108 megapixels, enquanto os outros aparelhos S20 devem ter apenas 12 MP. A alta contagem de pixels tem sua utilidade, como o Olhar Digital já explicou nesta matéria. Além do sensor principal, o smartphone deve contar com uma câmera de 48 MP com zoom óptico de 10x e uma última lente ultra-wide, para captura de ângulos mais amplos. Ao que tudo indica, a Samsung também prepara um modo de zoom de até 100x chamado de “Space Zoom” porque ele seria potente o bastante para fazer fotos da lua e do céu estrelado.

Por fim, a bateria desse monstrinho precisa ser compatível com o seu desempenho: 5.000 mAh, que é bem mais do que a média do mercado. O celular contará com um sistema de recarga rápida de 45 Watts, que permitiria uma recarga completa em questão de 74 minutos.

Por que Galaxy S20?

Uma dúvida comum sobre o novo celular da Samsung é relacionada ao seu nome. Por que a empresa vai chamar seus lançamentos de S20 se o seu antecessor era chamado de S10? A resposta não é muito difícil de entender: com a nova década, o novo esquema de nomes permite saber com mais facilidade em qual ano um aparelho foi lançado.

Assim, em 2020 devemos ver o Galaxy S20, em 2021 veremos o S21, e assim por diante. É fácil de memorizar e de falar, associando diretamente a numeração do produto ao ano em que ele foi lançado. É algo comum na indústria de carros e na de videogames, especialmente os esportivos, que têm lançamentos anual.

Samsung Galaxy Galaxy S11 galaxy s20
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você