google stadia

Google explica por que jogos do Stadia estão rodando em resoluções inferiores

Renato Santino 26/11/2019 18h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Plataforma tem recebido críticas por não alcançar a promessa de games em resolução de 4K e 60 quadros por segundo

O lançamento do Stadia não está fácil para o Google, que chegou até mesmo a ser acusado de mentir sobre a capacidade do sistema de jogos por streaming e a resolução máxima dos games da plataforma. Diante das queixas, a companhia tentou explicar por que títulos que estão disponíveis em outros consoles estão rodando com qualidade inferior. Resumidamente, a explicação é de que a culpa é dos desenvolvedores.


Em comunicado enviado ao site 9to5Google, a empresa explicou que sua função é fornecer os meios para que as desenvolvedoras alcancem a maior qualidade gráfica possível para seus jogos. No entanto, a empresa não interfere em como essas capacidades são utilizadas.

“O Stadia transmite a 4K e 60 quadros por segundo, e isso inclui todos os aspectos do trajeto do jogo até a tela; GPU, encoder e o Chromecast Ultra, todos capazes de exibir imagens em 4k em telas 4K com a conexão apropriada à internet. Desenvolvedores criando jogos para o Stadia trabalham duro para entregar a melhor experiência de streaming para cada jogo. Como se vê em todas as plataformas, isso inclui uma variedade de técnicas para alcançar a melhor qualidade no geral. Nós damos aos desenvolvedores a liberdade de como alcançar a melhor qualidade de imagem e taxa de quadros no Stadia e estamos impressionados com o que eles foram capazes de alcançar no primeiro dia”.

Como notaram várias análises nos primeiros dias do lançamento, como a feita pelo Digital Foundry, “Red Dead Redemption 2”, provavelmente o maior jogo da plataforma, não é jogável em uma resolução 4K. O game é renderizado a 2560x1440 e exibido nas TVs com um upscale para 4K no Chromecast Ultra. Da mesma forma, “Destiny 2” roda em uma resolução análoga à qualidade “média” da versão de PC, com uma resolução limitada a 1080p, que também passa por upscale e recebe uma série de efeitos para melhorar a qualidade da imagem.

O Google ainda afirma que nada impede que os desenvolvedores venham a alcançar os prometidos 4K60 em um momento futuro.

“Nós esperamos que muitos desenvolvedores possam continuar a melhorar seus jogos no Stadia. E pelo fato de que o Stadia vive nos nossos data centers, desenvolvedores podem inovar rapidamente ao mesmo tempo em que entregam experiências ainda melhores diretamente para você sem a necessidade de patches ou downloads”, conclui o comunicado.

As queixas com o Stadia parecem nascer de uma falha de comunicação por parte do Google. Antes do lançamento, Phil Harrison, vice-presidente da empresa e responsável pela divisão do Stadia, disse com todas as letras que TODOS os jogos do Stadia estariam disponíveis em 4K e 60 quadros por segundo no lançamento, o que não é o caso pelo menos de “Red Dead Redemption 2” e “Destiny 2”. O Twitter oficial do Stadia chegou a confirmar que "Red Dead Redemption 2" estaria disponível em 4K e 60 quadros por segundo, mas a publicação foi removida depois de algum tempo. Faltou deixar claro que a plataforma suporta 4K60, mas que desenvolvedores não necessariamente farão uso dessa capacidade.

Stadia Google Stadia
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você