Google muda regras da Play Store para apps com assinaturas

Alteração visa combater apps mal-intencionados, que induzem o consumidor a assinar um serviço sem expor claramente preços, prazos e condições

Rafael Rigues, editado por Fabiana Rolfini 16/04/2020 16h08
PlayStore Dark Mode
A A A

O Google está modificando algumas regras da Play Store para tornar mais claro para os consumidores os termos de apps que exigem ou oferecem assinaturas. A ideia é eliminar apps mal-intencionados, que enganam os usuários para que assinem um serviço sem expor claramente preços, prazos e condições.


Desenvolvedores terão de informar aos usuários, de forma clara, se uma assinatura é necessária para acessar todos os recursos de seu app. Além disso, terão de fornecer mais informações sobre os termos e condições associados a quaisquer períodos de testes grátis.

Reprodução

Por sua vez, o Google irá avisar os usuários sempre que um período de testes ou preço especial estiver prestes a terminar, bem como antes da renovação de assinaturas de longo prazo, aquelas com planos de três, seis ou doze meses. Usuários também serão avisados que, desinstalar um app não cancela automaticamente a assinatura.

Esta é a segunda vez no ano que o Google intervém contra apps que prejudicam os consumidores. Em fevereiro, a empresa removeu do Google Play 600 apps que violavam suas políticas de publicidade, mostrando anúncios em formatos, momento ou frequência inadequados.

Fonte: The Verge

Google Play play store android app
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você