Huawei Harmony OS

Huawei diz que sanções dos EUA reduzirão receita em US$ 10 bilhões

Clara Guimarães, editado por Rafael Rigues 23/08/2019 14h18
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Queda é menor que o esperado. Empresa está desenvolvendo seu próprio sistema operacional em preparação para o "pior cenário"

A Huawei anunciou nesta sexta-feira (23) que prevê uma redução de US$ 10 bilhões em sua receita com smartphones no ano. Para a empresa chinesa, de certa forma é um cenário positivo, se considerarmos que o negócio de celulares da fabricante tem sido fortemente atacado desde maio e que o presidente executivo da Huawei havia previsto, em junho, uma perda de US$ 30 bi.


"Parece que vai ser um pouco menos que isso. Mas você terá que esperar os nossos resultados em março", disse Eric Xu, vice-presidente da Huawei, em coletiva de imprensa. O negócio de 100 bilhões da chinesa depende em grande parte do setor de smartphones. Por essa razão, restrições dos EUA impactaram tanto a receita da empresa.

A Huawei, agora, corre para lançar seu proóprio sistema operacional, chamado "Harmony OS", em preparação para o pior cenário possível: o de ser banida totalmente dos negócios com os EUA, e consequentemente perder acesso ao Android. E, por mais que a empresa esteja avançada nesse desenvolvimento, "uma redução de vendas de mais de 10 bilhões de dólares poderia acontecer", explicou Xu.

O grupo de negócios de consumo da Huawei divulgou receita de 349 bilhões de Yuan (cerca de R$ 202 bilhões) em 2018.

Via: CNET

Smartphones Negócios China finanças Huawei smartphone resultado financeiro resultados eua x china huawei HarmonyOS
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você