LG revela imagem de telefone com tela deslizante

Aparelho faz parte do Project Explorer, que tem como objetivo apresentar aparelhos diferentes do que já está no mercado

Luiz Nogueira 15/09/2020 13h00
Smartphone LG
A A A

A LG parece querer entrar em uma fase experimental com seus smartphones. Após revelar o LG Wing, que possui uma tela giratória, a série Project Explorer - linha de aparelhos com tecnologias inovadoras - parece prestes a receber seu próximo integrante, um aparelho com uma tela deslizante, aparentemente flexível.


Em um teaser revelado pela empresa, é possível ver um dispositivo em que a lateral é puxada para aumentar o tamanho da tela. Aparentemente, o smartphone apresenta tecnologia semelhante a um conceito apresentado pela TCL em que é possível expandir a tela a partir de um segundo display que fica escondido dentro do corpo do telefone.

Considerando que a LG apresentou há alguns anos uma TV que se enrola, é bastante possível que a tecnologia chegue aos smartphones da marca.

Obviamente, o celular ainda não foi completamente apresentado, por esse motivo, não há como saber quando chegará ao marcado. Mesmo assim, o conceito de uma tela que pode ser puxada é bem interessante. Afinal, os dobráveis atuais possuem duas telas que, na maioria das vezes, devem ser usadas simultaneamente, ter a opção de escolher quando utilizar um segundo display pode ser vantajoso.

LG Wig

A tela principal do Wing é um painel OLED de 6,8 polegadas com resolução de 2,460 x 1,080. Ela pode ser rotacionada em 90º, colocando-a na posição horizontal, o que revela uma tela secundária de 3,9 polegadas, também com tecnologia OLED, e resolução de 1,240 x 1,080 pixels.

O software do aparelho permite que o usuário configure pares de apps para que sejam abertos em conjunto. Por exemplo, um app de navegação como o Google Maps na tela principal e um app de mensagens na tela secundária. Alguns apps específicos, como media players, podem usar a tela principal para mostrar conteúdo e a secundária para ajustes.

Segundo a LG o mecanismo responsável pelo movimento da tela foi testado e tem durabilidade garantida em até 200 mil acionamentos, o que dá 100 usos por dia durante 5 anos. Um revestimento especial na traseira da tela principal evita que seu movimento arranhe a tela de baixo durante a abertura.

Reprodução

Tela principal do aparelho pode ser rotacionada em 90º, ficando na horizontal. Foto: LG/ Divulgação

A fabricante inclui mais uma parte móvel no aparelho: a câmera frontal, com sensor de 32 MP, fica em um mecanismo retrátil que a esconde dentro do corpo do smartphone quando não está em uso. Um sensor recolhe automaticamente a câmera em caso de queda do telefone, para evitar que ela sofra danos com o impacto.

O LG Wing é baseado no processador Qualcomm Snapdragon 765G, com suporte a 5G e acompanhado por 8 GB de RAM. Há 256 GB de espaço na memória interna, expansível a 2 TB com cartões microSD. A bateria tem capacidade de 4.000 mAh, com suporte a carregamento rápido (Qualcomm Quick Charge 4.0) e sem fios. O sistema operacional é o Android 10.

Na traseira do aparelho há três câmeras: uma principal com sensor de 64 MP (F1.8 / 78°), uma grande angular (ultra wide) com sensor de 13MP (F1.9 / 117°) e outra grande angular com sensor de 12 MP (F2.2 / 120°) e "pixels grandes" de 1,4 micrômetros, 40% maiores que os da lente de 13 MP. Isso deve ajudar a capturar melhores imagens em situações de pouca luz.

O LG Wing estará disponível na Europa a partir de novembro, com preço sugerido de € 1.099 (cerca de R$ 6.900). Nos EUA ele será inicialmente exclusivo da operadora Verizon, com preço não divulgado. Não temos informações sobre preço ou lançamento no Brasil.

Via: Engadget

LG Conceito Display smartphone duas telas tela deslizante
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você