Linha 4-Amarela do metrô começa a oferecer aluguel de carregadores portáteis

Iniciativa é resultado de uma parceria entre a ViaQuatro e a startup Breeze

Luiz Nogueira 15/07/2020 11h30
Aluguel de power banks
A A A

A partir desta quarta-feira (15), usuários que passarem por algumas estações da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo poderão alugar carregadores portáteis (power banks) para smartphones. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a ViaQuatro, responsável por operar e manter o funcionamento da linha, e a Brezze, startup especializada no aluguel desse tipo de equipamento.

Para utilizar o serviço, basta baixar o aplicativo do sistema, que está disponível para iOS e Android, e passar por um dos terminais de liberação dos carregadores nas estações São Paulo-Morumbi, Pinheiros, Faria Lima, Fradique Coutinho, Oscar Freire, Paulista, Higienópolis-Mackenzie e Luz.

Para retirar um dos carregadores disponíveis, o usuário deve usar o app baixado para realizar a leitura do QR Code presente na máquina. A partir disso, o dispositivo estará liberado para uso. Após terminar de utilizá-lo, basta devolvê-lo em qualquer um dos terminais da empresa, não é necessário que seja o mesmo em que o empréstimo foi realizado.

maxresdefault1ce53e48afd1153b.jpg

Usuários podem pegar o dispositivo emprestado e devolvê-lo em qualquer terminal da empresa. Foto: Reprodução/ YouTube

De acordo com a empresa, os primeiros 30 minutos diários de utilização são gratuitos. Após o período, é cobrado R$ 2,99 pela primeira hora e R$ 1,99 para as demais horas. O sistema ainda tem um limite de cobrança diário de R$ 30,00.

A partir de hoje, promotores da empresa estarão espalhados pelas estações em que os terminais estão instalados para auxiliar os usuários na utilização do serviço. Todos eles seguirão todas as normas de distanciamento social e utilização de proteção, como máscaras e álcool em gel.

Carregadores públicos

O aluguel de carregadores portáteis pode ser a opção mais segura para carregar o smartphone fora de casa. Autoridades de segurança desencorajam o uso dos carregadores USB públicos, normalmente disponibilizados em aeroportos, terminais de ônibus e outros locais com grande circulação de pessoas.

Isso porque eles podem ser adulterados para que, ao mesmo tempo em que carregam os dispositivos, roubem dados ou instalem softwares maliciosos. Isso ocorre justamente pela função dupla dessas conexões.

O golpe mais famoso do tipo é conhecido como Juice Jacking, que consiste em adulterar uma porta ou cabo USB para roubar dados do celular. Entre os prejuízos causados às vítimas estão o roubo de informações (incluindo senhas), e até mesmo o bloqueio total do aparelho, tornando-o inutilizável.

Por conta disso, é sempre recomendado que os usuários deem preferência aos power banks, como os oferecidos pelo serviço, para carregar os dispositivos quando estão fora de casa. Caso não seja possível alugar um equipamento do tipo, é indicado que o carregamento nesses terminais públicos seja feito com o aparelho desligado.

É possível também desativar a opção para transferência de dados via USB nas configurações dos aparelhos Android. Para isso, basta acessar a guia de "Configurações" e buscar por "Preferências de USB" para ativar a opção "Nenhuma transferência de dados".

Em casos mais extremos, há também acessórios físicos que bloqueiam o pino de dados presente no cabo do carregador. Conhecido popularmente como "camisinha USB", o pequeno adaptador pode impedir o roubo de dados.

Brasil carregador smartphone São Paulo metrô aplicativo power bank
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você