Famí%u013Aia Surface 2019

Microsoft lança novos tablets, notebooks e um smartphone dobrável

Rafael Rigues, editado por Cesar Schaeffer 02/10/2019 15h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nova versão do Windows também foi anunciada em evento realizado em Nova York

A Microsoft apresentou em um evento em Nova York no início da tarde desta quarta-feira, novidades em sua linha de hardware, a família Surface. Foram novos notebooks, tablets e 2-em-1 que já eram esperados, bem como um dispositivo surpresa chamado Surface Duo e uma nova versão do Windows 10 otimizada para computadores com duas telas, o Windows 10x.


Surface Laptop 3

A Microsoft atualizou sua linha de notebooks com dois modelos do Surface Laptop 3: um com tela de 13,5 polegadas e outro com tela de 15 polegadas. Ambos têm baterias com autonomia para até 11 horas e meia de uso e um sistema de carregamento rápido que é capaz de levar a bateria do zero a 80% de carga em menos de uma hora.

O modelo de 13,5 polegadas é bastante parecido com o Surface Laptop 2; o que muda é o acabamento (agora disponível nas cores preto, prata, ouro e azul) e a adição de uma porta USB-C que pode ser usada para alimentação, transferência de dados ou vídeo externo. Foram mantidas as portas USB-A, entrada para fones de ouvido (P2) e o Surface Connector para acessórios. As máquinas usam processadores Intel Core de 10ª Geração (Core i5 ou i7) e tem preços que começam a partir de US$ 999.

Reprodução

Já o modelo de 15 polegadas tem, além da tela maior, um recurso muito interessante: um processador customizado desenvolvido pela AMD em parceria com a Microsoft, batizado de “Ryzen Surface Edition”. Ele é baseado no Ryzen 5 ou Ryzen 7, mas sua GPU tem um núcleo extra para melhor desempenho gráfico.

Os notebooks estarão disponíveis em duas cores (preto ou prata) e podem ser equipados com até 32 GB de RAM e 512 GB de armazenamento interno. Lembrando que os Surface não podem ser abertos, reparados ou atualizados pelo usuário, então é importante decidir a configuração na hora da compra. Os preços começam a partir de US$ 1.199.

Surface Pro X e Surface Pro 7

O tablet da Microsoft está de volta, desta vez em dois modelos. O Surface Pro 7 é uma atualização do modelo do ano passado, com design muito similar porém equipado com uma porta USB-C e processadores Intel Core de 10ª Geração: um Core i3 dual-core e um Core i5 e Core i7, ambos quad-core. A configuração básica tem 4 GB de RAM e 128 GB de memória interna, podem chegar a 16 GB de RAM e 1 TB de memória interna.

Mas a estrela foi mesmo o Surface Pro X. Equipado com uma tela de 13 polegadas com resolução de 2880 x 1920 pixels “num corpo de 12 polegadas”, ele tem um design no geral mais arredondado e mais fino que seu irmão. Há duas portas USB no lado esquerdo, mas nenhuma porta USB-A ou conector para fones de ouvido.

Reprodução

Um destaque neste modelo é que o armazenamento é expansível: um SSD M2 fica instalado debaixo de uma tampa na traseira, e pode ser substituído uma assistência autorizada ou mesmo pelo próprio usuário.

Outra novidade é o processador: assim como o Surface Laptop 3 de 15 polegadas, o Surface Pro X usa uma CPU customizada chamada SQ1, desenvolvida pela Qualcomm em parceria com a Microsoft. O sistema operacional é o Windows on ARM, mas ao contrário do finado Windows RT ele é capaz de rodar apps desenvolvidos para PCs com Windows, graças a uma máquina virtual integrada ao sistema. Uma vantagem de um processador ARM é a autonomia de bateria: segundo a Microsoft são 13 horas longe da tomada, com um carregador rápido que pode levá-la do zero a 80% de carga em menos de uma hora.

Surface Duo

Este smartphone dobrável chamou a atenção. Primeiro porque marca a volta da Microsoft ao segmento, depois do fiasco com o Windows Phone e a linha Lumia. Mas também pela escolha do sistema operacional: ele roda o Android.

Reprodução

As duas telas de 5,6 polegadas são arranjadas como um livro, e podem girar em 360º para transformar o aparelho em um tablet convencional. Ainda não há muitas informações sobre o produto pois ele é um protótipo, e só deve chegar às lojas daqui a um ano.

Surface Neo

Pense num notebook. Agora substitua a base, com teclado e trackpad, por uma segunda tela. Esta é basicamente a configuração do Surface Neo, que de certa forma parece uma 'versão (bem) reduzida' do Asus Zenbook Pro Duo. O aparelho tem duas telas de 9 polegadas unidas por uma dobradiça central, que podem se abrir formando uma superfície de 13 polegadas. Isso possibilita vários modos de uso, incluindo um em que uma das telas funciona como um teclado virtual e a outra como um monitor, formando um “mini notebook”.

Reprodução

Neste modo uma “faixa” na tela de baixo fica visível o tempo todo, formando o que a Microsoft chama de WonderBar. Imagine a Touch Bar de um MacBook Pro, porém maior. Neste espaço o usuário poderá fixar vídeos, ou ver ferramentas extras relacionadas ao programa que está em uso. Se estiver conversando no Twitter, por exemplo, a WonderBar poderia ser usada para mostrar sugestões de GIFs e Emoji. A área também serve como um trackpad, já que não há um na máquina.

Novamente há poucos detalhes sobre o hardware, já que o produto será lançado apenas em 2020. A Microsoft diz que vai aproveitar o tempo para otimizar apps, tanto os seus quanto de terceiros, para tirar melhor proveito das telas. O sistema operacional é uma variante do Windows 10, chamada Windows 10x.

Windows 10x

O sistema operacional do Surface Neo (e eventualmente de máquinas de outras fabricantes que adotarem o mesmo conceito) é o Windows 10x, uma versão do Windows otimizada para aparelhos com duas telas. Além de rodar apps Windows tradicionais, ele também irá rodar apps da Windows Store e Web Apps.

A interface foi levemente modificada: a Microsoft se livrou das “Live Tiles” (Blocos dinâmicos) que tenta empurrar desde o Windows 8, e no Menu Iniciar agora há uma lista de apps, documentos e arquivos mais usados.

O Windows 10x deverá rodar em aparelhos com telas entre 9 e 12 polegadas, e aparentemente estará disponível apenas pré-instalado em novos aparelhos. Entretanto, a Microsoft não informou se algumas alterações nesta versão do sistema, como o novo Menu Iniciar, serão implementadas na versão “tradicional” do Windows 10.


Notebooks Microsoft Windows Smartphones Sistema Operacional Tablet surface sistemas operacionais Windows 10 smartphone smartphone dobrável notebook dobrável dispositivo dobrável
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você