SpaceX

Nova nave da SpaceX falha durante teste de motor

Clara Guimarães, editado por Rui Maciel 22/04/2019 10h22
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A NASA já está trabalhando com a SpaceX para consertar as falhas da CrewDragon. Os astronautas da agência deveriam fazer seu primeiro vôo nessa espaçonave em julho

No último sábado (20), uma versão da nave Crew Dragon, da SpaceX, sofreu algum tipo de falha durante o teste de motor em Cabo Canaveral, na Flórida. O acidente causou muitas nuvens de fumaça saindo das instalações da empresa, de acordo com o Florida Today. A nave não estava tripulada e ninguém se feriu.


Um porta-voz da Space X contou que foram feitos vários experimentos com a Crew Dragon nesse dia. “Os testes iniciais foram concluídos com sucesso, mas o teste final resultou em uma anomalia na bancada", comentou ele ao The Verge. Os astronautas da NASA deveriam fazer seu primeiro vôo nessa espaçonave em julho.

A SpaceX está preparando-se para lançar um veículo seguro capaz de fazer o trãnsito de astronautas da NASA da Terra até a Estação Espacial Internacional (ISS), como parte do Programa de Tripulação Comercial.

Em março, uma cápsula Crew Dragon foi lançada com sucesso em um foguete Falcon 9 para a ISS. O momento foi de grande comemoração, já que ficou provado que a nave da SpaceX era capaz de realizar todas as atividades necessárias para completar sem perigos a viagem.

Agora, o próximo grande marco será o teste do sistema de aborto. A cápsula está equipada com oito pequenos mecanismos, conhecidos como SuperDracos, capazes de disparar os motores e separar a CrewDragon de um foguete que possa apresentar problemas.

A empresa estaria programando esse teste para junho. Contudo, uma fonte familiarizada com o assunto, afirmou que a SpaceX estava testando os SuperDracos durante o acidente de hoje, embora a empresa não tenha esclarecido exatamente o que gerou o fracasso.

"Garantir que nossos sistemas atendam a rigorosos padrões de segurança e detectar anomalias, como esta, antes do vôo, são as principais razões pelas quais fazemos testes", disse a SpaceX em um comunicado. “Nossas equipes estão investigando e trabalhando de perto com nossos parceiros da NASA”.

Com isso, a empresa ganha um obstáculo para superar. Sua concorrente, a Boeing, planeja voar com a espaçonave CST-100 Starliner pela primeira vez, sem tripulação, em agosto deste ano, seguido pelo primeiro vôo tripulado do veículo antes do fim de 2019. E, enquanto a SpaceX parecia estar muito a frente, os desafios enfrentados sábado devem alinhar as ações das duas companhias.


Via: The Verge

Nasa espaço foguete Estação Espacial spaceX missão espacial space x
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você