Robô entregador da FedEx

Nova York proíbe a circulação de robôs entregadores da FedEx

Henrique Freitas, editado por Matheus Luque 26/11/2019 16h52
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Ordem de retirada foi emitida nesta segunda-feira; os robôs ainda não estão regularizados junto à cidade

Nesta segunda-feira (25), a cidade de Nova York emitiu um aviso para que a FedEx, empresa norte-americana de entregas, encerre a operação de seus robôs entregadores na metrópole. A ordem foi motivada pelo avistamento, na semana passada, de uma frota dos robôs rondando a parte baixa de Manhattan.


Em carta enviada à FedEx – e obtida pelo jornal The Post – representantes do Departamento de Transportes (DOT) orientam a retirada imediata dos robôs das ruas: "Você está instruído a desistir imediatamente da operação dos seus SameDay Bots (robôs da empresa) nas ruas e calçadas da cidade de Nova York. Não fazer isso pode resultar na apreensão da propriedade, avisos de violação e/ou início de ação legal."

Vários "SameDay Bots" da empresa circularam pela região da Rua Crosby na semana passada como parte de uma promoção, surpreendendo os nova-iorquinos. As máquinas de entrega, que ainda estão sendo testadas, usam inteligência artificial, sensores de movimento e rodas capazes de subir escadas para navegar pelas calçadas e ruas.

O problema é que essa caminhada dos robôs por Nova York é ilegal, de acordo com o DOT. A legislação de trânsito da cidade não só proíbe veículos a motor nas calçadas como também exige que eles "sejam registrados ou expressamente isentos para operar nas ruas e calçadas de Nova York".

Nova York contra o domínio dos robôs

Recentemente, o prefeito Bill de Blasio fez um duro tuíte sobre o uso da tecnologia nas entregas, acusando as máquinas de roubar empregos dos nova-iorquinos. "Primeiro, FedEx, nunca faça com que um robô realize o trabalho de um nova-iorquino. Temos os melhores trabalhadores do mundo. Segundo, não concedemos permissão para que entupam nossas ruas", escreveu de Blasio.

 

O vice-secretário de imprensa do prefeito, William Baskin-Gerwitz, disse na segunda-feira ao The Post que os robôs também seriam um perigo para as ruas movimentadas de NY. "Esperamos que a carta de hoje seja o fim desse experimento, mas estamos preparados para tomar outras medidas caso a FedEx não esteja disposta a tirá-los de nossas ruas", explicou em comunicado.

Um porta-voz da FedEx assegurou, na semana passada, que os bots estavam apenas visitando a cidade para um evento especial. O representante insistiu que os robôs têm vários recursos para torná-los seguros, e reafirmou que a empresa trabalhará com os legisladores para agir de acordo com a regulação. A FedEx ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: New York Post

estados unidos Nova York FedEx entregas entregadoras Robô de entrega
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você