Águia-das-estepes

Pesquisadores ficam sem dinheiro depois de águia enviar SMS do Irã

Clara Guimarães, editado por Matheus Luque 28/10/2019 13h08
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Enviar mensagens SMS no Irã é três vezes mais caro que na Rússia

Os pesquisadores russos do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, em Novosibirsk, tiveram problemas inesperados no orçamento quando uma das aves que monitoravam voou do Cazaquistão até o Irã.


A águia-das-estepes, chamada de Min, acumulava mensagens SMS para enviar aos pesquisadores, mas se encontrou fora de alcance da rede durante a viagem. Inesperadamente, a ave voou para o Irã, onde conseguiu rede e enviou, de uma só vez, todo o conteúdo acumulado.

Isso gerou um gasto gigantesco para os pesquisadores, já que um SMS no Cazaquistão custa cerca de 15 rublos (quase R$ 1), enquanto no Irã seu preço é de 49 rublos (pouco mais de R$ 3). A ave Min gastou todo o orçamento de rastreamento destinado a todas as águias.

Os pesquisadores apelaram para o crowdfunding, onde conseguiram arrecadar mais de 100 mil rublos (R$ 6.250). Após saber sobre o problema da equipe, a operadora de telefonia móvel russa Megafon se ofereceu para cancelar a dívida e colocar o projeto em uma tarifa especial e mais barata.

Reprodução

As mensagens SMS entregam as coordenadas dos pássaros à medida que eles migram, e a equipe usa fotos de satélite para verificar se os pássaros chegaram a locais seguros. O Centro rastreia, atualmente, um total de 13 águias.

A oferta da Megafon de socorrer a equipe, relatada pelas notícias da RIA Novosti, significa que eles podem continuar monitorando as rotas das águias e coletando dados vitais para ajudar na sobrevivência do animal.

Via: BBC

Dinheiro SMS Pesquisa proteção rastreamento mensagem disparo de mensagens
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você