Procon-SP aciona Apple por dano em iPhones depois de contato com água

Smartphones da marca são anunciados com resistência a líquidos, mas consumidores reclamam de prejuízo após contato com água; empresa negou reparo ou troca

Leticia Riente, editado por Cesar Schaeffer 10/09/2020 12h10
Procon-SP aciona Apple por dano em iPhones depois de contato com água
A A A

O Procon–SP notificou a Apple depois de denúncias de que smartphones da marca não estariam mais funcionando depois de terem tido contato com a água. O órgão exige explicações do motivo que levou a Apple a negar a troca ou reparo dos iPhones, uma vez que a resistência à água é uma das caraterísticas anunciadas como vantagens dos aparelhos. A Apple tem sete dias para se pronunciar - até a próxima quarta-feira (16).


Foram 21 reclamações referentes aos seguintes modelos: iPhones 11, 11 Pro, 11 Pro Max, SE (segunda geração), XS, XS Max, XR, X, 8, 8 Plus, 7 e 7 Plus, XS e XS Max. Os donos dos celulares alegam que procuraram a empresa para reparação do dano, até mesmo por estarem ainda em período de garantia, mas que receberam a resposta negativa justamente pelo contato com o líquido.

Reprodução

Procon-SP notificou Apple depois de denúncias de 21 consumidores. Créditos: Rafa Press/Shutterstock

No pedido de posicionamento, o Procon quer que a Apple apresente laudos de análise técnica referente aos iPhones em questão, sendo um documento para cada aparelho. A empresa deverá demonstrar por onde e qual caminho a água fez dentro dos smartphones, bem como explicar o motivo da recusa do reparo ou troca, visto que a resistência ao líquido é uma das supostas vantagens que os aparelhos apresentam.

Com o objetivo de obter informações completas, o órgão também solicitou que a gigante da tecnologia comprove que a entrada de água nos aparelhos objetos das denúncias só ocorreu por mau uso dos denunciantes. A Apple ainda deverá esclarecer qual a quantidade de líquido, umidade ou água necessária para que haja o acionamento do sensor de líquidos. A Procon-SP também quer saber qual a vida útil deste sensor no aparelho.

Já sobre a publicidade dos iPhones possuírem resistência à água, o órgão paulista quer a apresentação de dados fáticos, técnicos e científicos que comprovem tal afirmação.

Reprodução

Apple afirma que vários de seus modelos de smartphones são à prova d’água. Clientes brasileiros afirmam que característica pode ser deficiente. Créditos: Abros'kin Sergey/Shutterstock

Notificação por lentidão

Em março, o Procon-SP também notificou a Apple, mas por outro motivo. Na época, o documento foi gerado por conta de celulares mais antigos da marca estarem apresentando lentidão além do normal depois de atualizações de sistemas. O problema foi relatado não apenas no Brasil, mas também nos Estados Unidos. A diferença é que os clientes americanos foram indenizados pela marca da Maça.

No processo que foi aos tribunais dos EUA, a Apple admitiu provocar lentidão em equipamentos mais antigos da marca com a justificativa de que fazia isso para evitar que os smartphones parassem de funcionar.

iPhone Apple procon água garantia notificação danos
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você