Recurso de chamadas verificadas no Google informa motivo de ligações

No entanto, a função está disponível em poucos aparelhos, e as empresas podem simplesmente não repassar as informações

Vinicius Szafran, editado por Fabiana Rolfini 29/06/2020 16h20
Ligação indesejada
A A A

O Google começou a implementar um recurso de chamadas verificadas para o aplicativo Google Phone. A nova ferramenta verifica a identidade da empresa quando você recebe uma ligação, mas essa não é sua única função. Além disso, o recurso pode dizer especificamente qual o motivo de uma empresa ligar para você. Ou seja, antes de atender, você pode saber do que se trata.


A novidade pode ajudar o usuário a decidir se deve ou não atender a chamada. Mesmo que pareça muito interessante, há um problema que explicaremos mais adiante.

Como funciona o recurso de chamadas verificadas?

O Chamadas Verificadas não funciona aleatoriamente. Antes de fazer uma ligação para seu número, a empresa participante deverá fornecer algumas informações para o servidor: detalhes como motivo da ligação, número de telefone comercial e o número para o qual está ligando. Com todos os dados no servidor, o Google pode facilmente reunir as informações quando necessário e mostrar os resultados ao usuário no Google Phone.

Assim sendo, quando a empresa ligar para você, o Google Phone vai comparar as informações de chamadas recebidas com aquelas já coletadas pelo Google. Se a comparação for verdadeira, o aplicativo exibirá a chamada como uma chamada verificada, fornecendo também o motivo para a ligação explicado anteriormente pela empresa. Até esse ponto, tudo funciona bem.

Reprodução

Aplicativo Google Phone mostrará quem está ligando e por quê. Imagem: Reprodução

Explicando o problema

Como dito anteriormente, toda a infraestrutura de verificação do Google Phone depende do fato de uma empresa fornecer todos os dados ao servidor. Caso a companhia decida não participar, o usuário não será notificado sobre o motivo da chamada. Além disso, você precisará adicionar o seu número de telefone a uma conta do Google para usar o recurso. Pessoas que não gostam de expor seus dados assim não poderão usufruir das chamadas verificadas.

Por fim, o aplicativo Google Phone não funciona com a maioria dos smartphones Android. Somente usuários de Pixel e alguns poucos dispositivos compatíveis podem realmente aproveitar a nova ferramenta. O recurso será ativado por padrão em aparelhos compatíveis, podendo ser alterado nas configurações.

Por mais interessante que o chamadas verificadas pareça, grande parte das empresas pode simplesmente não adicionar suas informações, principalmente aquelas que realmente querem que você atenda o telefone. Isso inclui telemarketing, chamadas de spam e chamadas de phishing.

Via: GizChina

Google Spam Android phishing telemarketing Dados
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você