Teste subaquático: iPhone 11

Teste de resistência aquática: veja como o iPhone 11 e 11 Pro se saíram

Henrique Freitas, editado por Liliane Nakagawa 24/10/2019 12h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Ambos os telefones responderam bem aos testes subaquáticos, demonstrando apenas alguns problemas nos alto-falantes

A Apple anunciou o iPhone 11 e o iPhone 11 Pro como celulares à prova d'água. A empresa reivindicou a classificação IP68 para os modelos, o que significa que eles podem sobreviver imersos até 2 metros de profundidade em água por até 30 minutos – já o Pro, pode ampliar essa capacidade para até 4 metros.


O portal CNET, em parceria com a Sofar Ocean Technologies, acoplou os novos iPhone 11 e 11 Pro noo Trident, um drone subaquático. O teste foi realizado na Baía de Monterey, na Califórnia, em um dia frio de outono, para testar a resistência dos telefones à água.

Teste 1

No primeiro mergulho, tanto o iPhone 11 quanto o 11 Pro foram testados para uma profundidade de 4 metros por 30 minutos. De volta à superfície, os dois telefones permaneciam conectados. Ao secá-los, o portal identificou que as telas ainda funcionavam e não havia evidência alguma de embaçamento nas lentes da câmera (frontal e traseira).

Os botões e alto-falantes também continuaram funcionando. O iPhone 11 parecia um pouco abafado ao reproduzir um arquivo de áudio gravado antes do início do teste. O iPhone 11 Pro também demonstrou demonstrava alguma distorção, entretanto, o volume estava mais intenso que a reprodução do modelo mais simples.

Teste 2

O segundo mergulho foi a 8 metros de profundidade – nenhum dos aparelhos tem resistência garantida neste caso. Ambos os modelos sobreviveram: as telas sensíveis ao toque ainda funcionavam, as câmeras tiravam fotos sem nenhum ponto de embaçamento ou entrada de água nas lentes e os alto-falantes reproduziam o áudio normalmente. Porém, mais uma vez, o volume do iPhone 11 era menos intenso que o iPhone 11 Pro.

Teste 3

Finalmente, os aparelhos foram mergulhados a 12 metros de água, o que é seis vezes a resistência assegurada pela Apple para o iPhone 11; e três vezes para o 11 Pro. Novamente, ambos saíram quase ilesos, exceto pelo desempenho do alto-falante, e, após três dias, quando estavam completamente secos, o dano observado foi pequeno.

O único problema encontrado foi nos alto-falantes do iPhone 11 e 11 Pro, que soavam menos nítidos e um pouco abaixo mesmo no volume máximo, em comparação com dois iPhones novos. Isso foi confirmado usando o aplicativo Sound, no Apple Watch, o qual mostrava que os telefones submersos estavam reproduzindo alguns decibéis a menos que os novos aparelhos.

Veja o teste de resistência no vídeo abaixo.

Fonte: CNET

Apple submarino iphone 11 teste iPhone 11 Pro
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você