Robô Olimpíadas 2020

Tóquio 2020: Toyota apresenta cinco robôs para evento

Bruna Lima, editado por Roseli Andrion 22/07/2019 16h35
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Mascotes e demais robôs devem ajudar na mobilidade e organização do evento

A montadora japonesa Toyota apresentou hoje (22) os novos robôs que farão parte das Olimpíadas de Tóquio 2020. A patrocinadora do evento está preparando uma lista de cinco máquinas com diferentes papéis e que usam Inteligência Artificial para se movimentar.


Os mascotes que mais chamaram atenção - de cores azul e rosa, olhos grandes e orelhas pontudas, e com articulações e braços que podem ser controlados remotamente - foram Miraitowa e Someity, versões infantis dos mascotes olímpicos e paraolímpicos, apresentados no último dia 18 à imprensa. 

 

Reprodução

 

"Elas não podem se mover ou falar, mas uma câmera dentro de suas cabeças os ajuda a interagir com espectadores e atletas", disse Tomohisa Moiradaira, responsável pelo desenvolvimento do robô na Toyota. Os "sentimentos" das mascotes são refletidos em seus olhos: eles podem exibir corações ou estrelas dependendo das emoções. A companhia sugeriu que os robôs mascotes poderiam receber atletas e espectadores, e possivelmente ajudar a envolver as crianças nos Jogos.

Significativamente menos fofo e um pouco mais prático, o Robô de Suporte de Campo da empresa, que tem rodas do tamanho de uma maleta, ajudará a equipe olímpica. Ele é capaz de acompanhar os funcionários, evitando obstáculos, e pode carregar itens como dardos e bolas, ajudando a "reduzir o tempo necessário para recuperar itens, bem como reduzir a quantidade de mão de obra nos eventos", disse a Toyota.

A companhia também trouxe um robô com as mesmas funcionalidades do seu anterior - o R2-D2, dedicado a pegar coisas, projetado principalmente para ajudar doentes e idosos. 

Outro é o Cue 3, que computa uma imagem tridimensional com sensores e ajusta os motores para o ângulo direito e propulsão para lançar bolas de basquete com precisão. Ele foi recentemente listado no Guinness World Records 2020 para fazer lances livres sem errar.

 

Reprodução

 

Há também o T-TR1, que é projetado para representar pessoas que não podem estar lá, uma tela de tamanho humano sob rodas equipada com uma câmera. Outras contribuições incluem robôs projetados para apoiar pessoas em cadeiras de rodas ou entregar comida aos espectadores.

 

Via: CTVNews

 

 

Inteligência Artificial Robôs olimpiadas Japão
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você