Xiaomi investirá US$ 7 bi em inteligência artificial e 5G

Investimento, programado para os próximos cinco anos, foi revelado em comunicado pelo presidente da empresa

Vinicius Szafran, editado por Maria Lutfi 02/01/2020 15h35
xiaomi
A A A

A Xiaomi investirá mais de 50 bilhões de iuanes (US$ 7,18 bilhões) em inteligência artificial e tecnologias 5G ao longo dos próximos cinco anos, à medida que a concorrência no setor aumenta. O anúncio foi feito nas redes sociais da companhia chinesa.


Lei Jun, presidente-executivo da Xiaomi, fez o pronunciamento em um comunicado publicado em uma conta da empresa em uma rede social nesta quinta-feira (2), mas não forneceu detalhes específicos sobre os investimentos. 

"Precisamos transformar nossa vantagem contínua que temos em AIoT e vida inteligente em uma vitória absoluta", escreveu Lei, usando o acrônimo de Inteligência Artificial das Coisas, uma referência à combinação entre inteligência artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT). O investimento intensifica a promessa feita pela Xiaomi no ano passado de investir dez bilhões de iuanes (1,43 bilhão de dólares) ao longo de cinco anos em uma estratégia "All in AIoT" (Tudo em AIoT).

A empresa começou como uma fabricante de celulares de baixo custo, mas seu crescimento foi tamanho que, hoje, seus produtos com acesso à internet incluem desde smart TVs até panelas de arroz. No entanto, a Xiaomi enfrenta também uma forte concorrência no mercado doméstico chinês: a companhia tem que superar a rival Huawei, que capturou um recorde de 42% de participação no mercado de smartphones da China. O crescimento da rival tem relação também com outros fabricantes locais e com a Apple.

A companhia obteve muito sucesso no mundo, principalmente após o início da guerra comercial entre China e Estados Unidos, na qual a Huawei foi proibida de vender seus produtos em território americano, algo que só começou a voltar ao normal recentemente.

O presidente da Xiaomi anunciou em outubro do ano passado que a empresa planeja lançar mais dez modelos de celulares 5G em 2020, além de outros dispositivos. O primeiro a ser lançado neste ano será um smartwatch, o Xiaomi Watch Color, anunciado no dia 30 de dezembro e previsto para esta sexta-feira (3).

Fonte: O Estado de S. Paulo

Inteligência Artificial 5G internet das coisas xiaomi IA rede 5g
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você