Austrália testa drones para entrega de pacotes

A empresa australiana de correios Australia Post testou com sucesso o uso de drones para entregar pequenos pacotes no final da semana passada. A estatal pretende utilizar as aeronaves autônomas para entregar, por exemplo, compras feitas pela internet ou itens urgentes, como remédios.

Segundo o anúncio da empresa, a iniciativa está sendo feita em parceria com a startup ARI Labs, que está desenvolvendo a tecnologia do projeto. Embora o teste fechado tenha sido um sucesso, os correios australianos pretendem realizar um novo teste - dessa vez em uma situação de uso real - ainda em 2016.

De acordo com a Reuters, o uso de drones para entrega de correspondências é de especial interesse para os correios da Austrália. O interior do país é uma das regiões menos povoadas do mundo, o que torna entregas para a região bastante dispendiosa. Por esse motivo, a empresa também precisaria de aeronaves com autonomia considerável: o drone de entregas da Amazon, por exemplo, seria capaz de voar apenas cerca de 24 quilômetros.

A Austrália não é o primeiro país a explorar o uso de drones para entregas. Os correios da Suíça também estão avaliando essa opção, e entregas por drone já foram realizadas com sucesso nos EUA. Além da já citada Amazon, o Google é outra empresa que também pretende disponibilizar um serviço de entrega por aeronaves autônomas. Uma pizzaria de Santo André também já testou essa possibilidade com sucesso.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ