Google deve investir R$ 53 bilhões na Índia nos próximos 7 anos

Verba será alocada para investimento em empresas de tecnologia locais, parcerias e construção de infraestrutura ao longo dos próximos 5 a 7 anos

Rafael Rigues 13/07/2020 09h58
Sundar Pichai
A A A

O CEO do Google, Sundar Pichai, anunciou nesta segunda-feira (13) que a empresa criou um fundo de US$ 10 bilhões (cerca de R$ 53 bilhões) para investir em iniciativas de tecnologia na Índia ao longo dos próximos 5 a 7 anos.


O dinheiro poderá ser usado para investimento em empresas de tecnologia locais, parcerias e construção de infraestrutura. O fundo terá foco em quatro categorias: acesso à informação em linguagens locais, desenvolvimento de produtos e serviços relevantes às necessidades da Índia, auxilio a empresas em sua transformação digital e uso da tecnologia para benefício da sociedade, em áreas como saúde, educação e agricultura.

Segundo Pichai: "nosso objetivo é garantir que a Índia não só se beneficie da próxima onda de inovação, mas a lidere. Trabalhando juntos, podemos garantir que nossos melhores dias ainda estarão por vir".

De olho no próximo bilhão

Em maio deste ano foi revelado que o Google estava considerando comprar uma participação de 5% da operadora de telefonia indiana Vodafone Idea, a segunda maior do país. Segundo a mesma fonte, a Microsoft estava considerando investir US$ 2 bilhões na operadora Reliance Jio, após o Facebook adquirir 10% das ações da empresa.

A Índia emergiu como um dos mais recentes concorrentes para empresas americanas e chinesas que procuram seus próximos bilhões de usuários. Cerca de meio bilhão de indianos começaram a usar a internet na última década.

Fonte: Google

Google investimento Investimentos Índia
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você