Mercado Livre recebe autorização do BC para abrir financeira própria

A Mercado Crédito terá aporte inicial de R$ 40 milhões e sede em São Paulo

Vinicius Szafran, editado por Daniel Junqueira 09/11/2020 19h33
Mercado Livre
A A A

Nesta segunda-feira (9), o Banco Central do Brasil (BC) concedeu autorização de funcionamento para a Mercado Crédito Sociedade de Crédito, Financiamento e Investimento, a nova financeira do Mercado Livre. A Mercado Crédito terá R$ 40 milhões de capital social, e sua sede será na cidade de São Paulo.


O Mercado Pago, instituição também pertencente ao Mercado Livre, já tinha autorização do BC para funcionar como instituição de pagamento desde 2018, na modalidade de emissor de moeda eletrônica. Assim como a Mercado Crédito, o Mercado Pago teve R$ 40,290 milhões de investimento inicial, mas este valor subiu para R$ 128,290 após algum tempo.

Neste ano, o Mercado Pago recebeu autorização para prestar serviços de pagamento relativos às modalidades de instrumento de pagamento pós-pago e de credenciador.

Reprodução

Mercado Livre recebeu autorização para o funcionamento do Mercado Crédito, sua instituição financeira. Imagem: Mercado Livre/Divulgação

Em balanço fiscal divulgado na semana passada, o Mercado Livre mostrou que, no terceiro trimestre de 2020, teve um lucro de US$ 15 milhões. O maior responsável por esse aumento foi o volume de vendas (GMV), que cresceu 62% nesse período, a US$ 5,9 bilhões. O volume de novos clientes entrando na plataforma no Brasil foi de dois milhões. Em todo o país, esse montante já é estimado entre 18 e 20 milhões de usuários.

Atualmente, o Mercado Livre tem uma capitalização de mercado de US$ 73,96 bilhões, valor que coloca a empresa como a maior da América Latina nesse quesito, acima até mesmo da Vale, cujo valor de mercado é de US$ 59,12 bilhões.

Mercado Livre agora tem frota própria de aviões

O Mercado Livre tem uma nova estratégia para ajudar a reduzir os prazos de envio de suas entregas no país: a Meli Air, sua frota própria de quatro aviões que serão operados por diferentes companhias aéreas. 

A novidade também vai ajudar a aumentar a capacidade de entregas para o dia seguinte nas compras de produtos armazenados em seus centros de distribuição de São Paulo - em Cajamar e Louveira - e da Bahia, em Lauro de Freitas, que começou a operar em julho deste ano.

Via: G1

mercado livre banco central banco central do brasil instituições financeiras
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você