EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Samsung revelou durante a MWC 2019 o seu primeiro celular com tela dobrável, batizado de Galaxy Fold. A empresa também manteve um sigilo total sobre o dispositivo, impedindo que jornalistas o experimentassem durante o evento, mantendo-o atrás de uma redoma de vidro. Agora, um vídeo mostra um possível motivo para tanto sigilo: o primeiro vídeo não-produzido pela Samsung com o aparelho funcionando mostra um vinco evidente na tela, que contraria tudo que foi apresentado até então pela empresa.

publicidade

No que parece ser um vídeo de um serviço vietnamita de desbloqueio de rede, podemos ver mais do novo dispositivo dobrável da Samsung. A tela interna é, como esperado, relativamente grande, enquanto a externa é bem pequena — especialmente em comparação com a superfície total do aparelho. Em termos de espessura, o Galaxy Fold é aceitável quando não dobrado. Ele é claramente volumoso quando fechado.

Por último, o vinco no meio da tela é muito aparente na publicação. Ele não era visível em vídeos e renderizações anteriores. Embora seja esperado que isso aconteça após cerca de 10.000 aberturas, este exemplar parece ser novo e não deveria apresentar essa imperfeição tão cedo. Já foi dito que a Samsung poderia substituir telas vincadas gratuitamente, mas se o painel substituto ficar marcado tão rapidamente não há muito sentido em oferecer essa possibilidade.

Vale notar, no entanto, que, como as imagens foram feitas no Vietnã, o aparelho visto no vídeo pode ser um modelo protótipo ou uma unidade com com defeito. De qualquer forma, o vídeo indica que a tecnologia de tela dobrável não está totalmente pronta.  Provavelmente, teremos que esperar até que o vidro flexível fique amplamente disponível para conhecermos telas dobráveis e sem vincos.

-> Saiba tudo sobre o Galaxy Fold

publicidade

-> Celulares dobráveis: um guia de todos os modelos lançados até agora