EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O robô bípede Atlas já fazia sucesso com suas características e movimentos extremamente humanizados e agora está chamando atenção também pela sua rotina de academia. Lançado em 2013 pela empresa estadiunidense de robótica Boston Dynamics para o DARPA (Agência de Pesquisa Avançada para Projetos Defesa do governo dos EUA) o robô fica mais humanizado a cada ano.

Os vídeos postados pela empresa ressaltam movimentos cada vez mais realistas e alguns bem bizarros. Segundo a Boston Dynamics, ele utiliza seu corpo inteiro – pernas, braços e tronco – para realizar uma sequência de manobras dinâmicas que compõem uma rotina de ginástica. As manobras foram criadas utilizando novas técnicas que simplificam o processo de desenvolvimento.

publicidade

Nas palavras da empresa, em primeiro lugar foi realizado uma “otimização nos algoritmos que transformavam as descrições de alto-nível das manobras em movimentos de referência dinamicamente viáveis”.

Em seguida, o Atlas rastreia os movimentos usando um controlador preditivo de modelo que deixava os movimentos mais suáveis de uma manobra para a outra sem danificar seus equipamentos. Por meio desta abordagem, a rotina desenvolvida para o robô foi significantemente mais rápida do que a anterior, com uma taxa de sucesso de 80% nas performances.

Não são poucos os exercícios físicos realizados com naturalidade pelo robô e entre seus feitos estão parkour, caminhadas na neve, corridas, cambalhotas, saltos mortais, entre outras acrobacias as vezes performadas em terrenos inclinados ou com elementos naturais como neve, galhos, pedras, etc. A ideia por trás da criação e aprimoração de Atlas é ajudar em operações de resgate ou de emergência em ambientes externos, onde a presença humana pode trazer sérios riscos.

A Boston Dynamics já pertenceu ao Google e desde 2017 integra a empresa japonesa Softbank. Além de Atlas, entre os outros robôs com movimentos humanizados produzidos pela empresa está o SpotMini, um robô quadrúpede voltado para atividades em lugares fechados. Ele é inspirado em um cachorro, e é uma das criações mais silenciosas da empresa e está disponível para a compra.

publicidade