EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um vídeo divulgado pela Universidade de Princeton, em Nova Jersey, mostra a devastação que uma guerra nuclear entre EUA e Rússia causaria. A conclusão da simulação é impressionante: 34 milhões de mortos em algumas horas.

Para os pesquisadores, informações sobre as consequências de um eventual conflito nuclear pode servir para evitar que isso se torne realidade.

publicidade

Com isso em mente, um grupo de especialistas em segurança e armas nucelares da Universidade de Princeton criou uma simulação chamada “Plano A”. As previsões são apavorantes. Além de 34 milhões de mortes em poucas horas, a simulação também concluiu que haveria mais de 57 milhões de feridos.

“O risco de uma guerra nuclear aumentou dramaticamente depois que Estados Unidos e Rússia abandonaram o tratado de controle de armas nucleares”, destacam os especialistas da Universidade.

“(Esses países) começaram a desenvolver novos tipos de armas nucleares e ampliaram as circunstâncias nas quais seria possível usar essas armas”, advertem.

Nesse cenário de potencial conflito, os criadores da simulação afirmam que o objetivo é chamar a atenção sobre as “consequências potencialmente catastróficas de uma guerra nuclear entre EUA e Rússia”.

publicidade

No vídeo, você confere os detalhes dos desdobramentos de um eventual conflito desse tipo entre duas potências mundiais:

 

Via: Terra e Princeton