EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Nasa publicou a estimativa de custo da missão Artemis, que visa levar astronautas novamente à Lua até 2024. Segundo Doug Loverro, gerente das missões de vôo tripulado da agência, serão necessários US$ 35 bilhões (cerca de R$ 151 bilhões) ao longo de quatro anos, além do orçamento regular da empresa.

Para o ano fiscal de 2021 a agência pede um aumento de 12% em seu orçamento, com um total de US$ 25,2 bilhões (cerca de R$ 109 bilhões). Deste total, US$ 3,37 bilhões (R$ 14,5 bilhões) serão usados no Human Landing System, o sistema que pousará na superfície Lunar carregando os astronautas.

publicidade

O orçamento total também prevê uma pequena estação espacial em órbita lunar, chamada Gateway. Segundo a Nasa, se aprovado pelo Congresso dos EUA esta será a primeira vez que o governo norte-americano investe diretamente em um veículo de pouso lunar desde o programa Apollo, na década de 60.

O principal desafio da agência será a aprovação do pedido, já que o Congresso dos EUA vem realizando cortes profundos em outras áreas do orçamento federal, e congressistas democratas caracterizam a data de 2024 como uma decisão puramente política, pois coincidiria com o fim de um segundo mandato de Donald J. Trump.

Recentemente, a Nasa anunciou a conclusão da construção do núcleo do Space Launch System (SLS), foguete que será usado no lançamento das espaçonaves durante o programa Artemis.

Fonte: Ars Technica

publicidade