A Realme anunciou nesta quinta-feira (5) seu primeiro modelo de pulseiras inteligentes Realme Band. Os novos dispositivos chegam ao mercado indiano com a clara intenção de competir com os aparelhos Mi Band, da Xiaomi.

Com preço fixado em 1,499 rupias (U$ 20 ou R$ 94 reais, em conversão direta), a Realme Band dispõe de uma tela com resolução de 160×80 pixels e 0,96 polegadas.

publicidade

As especificações superam as características da Mi Band. O modelo da Xiaomi foi lançado em 2018 com preço um pouco mais elevado e apresenta resolução de 80×128 pixels e display de 0,78 polegadas. Por outro lado, a bateria de 90 mAh da nova pulseira perde diante dos 110 mAh para o modelo concorrente.

Se compararmos com o Mi Band 4, a distância entre a resolução da tela e a capacidade da bateria são ainda maiores, no entanto, o modelo mais moderno da Xiaomi chegou ao mercado com preço inicial de 2,298 rupias na Índia – e R$ 335 no Brasil.

Foto: GMSARENAA aposta da Realme parece estar na integração do dispositivo com as redes sociais. O aplicativo Link Smart vai permitir usuários acompanharem notificações de plataformas como Facebook, Whatsapp, Instagram, Twitter e TikTok. E a dimensão generosa da tela possibilita a projeção de até 64 caracteres. 

O dispositivo conta com serviços comumente encontrados em pulseiras inteligentes, a exemplo do monitoramento de sono e frequência cardíaca e alertas para ingestão de água. A novidade é o modo esportes que pode ser ativado em nove modalidades específicas: corrida, caminhada, escalada, ciclismo, spinning, fitness e críquete – este último corresponde ao esporte mais popular da Índia.

A Realme Band também recebe a certificação IP68, que confirma sua resistência à água e à poeira. Falando nisso, a tela ainda é protegida por uma camada de vidro contra marcas e arranhões.

Disponível nas cores preto, verde oliva e amarelo, a pulseira inteligente acompanha cinco opções de mostradores na caixa de fabricação. O dispositivo começa a ser vendido hoje (5), na Índia, pelo site da Realm, mas só deve chegar a outras plataformas na segunda-feira (9). Não há previsões para o início das vendas no Brasil.

Fonte: The Verge